23.9 C
Piauí
7 de julho de 2020
Cidades em Foco
Destaque Geral Municípios Picos

217 pessoas são multadas em segunda fase da Operação Trânsito Seguro; Veja!

Aconteceu na manhã desta terça-feira (02) mais um balanço referente à segunda fase da Operação Trânsito Seguro, que visa fiscalizar e advertir a sociedade sobre andar de acordo com as leis de trânsito quer sejam municipais ou federais.

Segundo o idealizador do projeto e comandante do 3º BEC, o Tenente-Coronel Emerson Lima, é notável a diferença no modo como as pessoas têm se portado no trânsito em Picos após as duas etapas da operação.

“Podemos notar a diferença pela diminuição considerável nos acidentes. Dessa forma, estamos tendo uma resposta muito positiva da sociedade. Os picoenses demonstraram uma mudança de comportamento considerável de uma para outra etapa. Cerca de 40% das infrações gerais percebidas na primeira fase foram diminuídas nesta segunda fase”, disse o comandante.

DSC_0115

Durante esta segunda etapa, 870 veículos foram fiscalizados, destes, 18 foram removidos, 50 ficaram retidos, foram aplicadas 217 multas, realizou-se 248 testes etilômetros (ou bafômetros), cinco CNHs  e 19 CRLVs (documentos dos veículos) foram recolhidos.

Foram utilizadas ainda dezenove viaturas, além da presença e distribuição de 115 homens de todas as equipes policiais envolvidas na operação.

O comandante declarou ainda que está muito feliz com os resultados obtidos nesta segunda fase e crê que as pessoas se adaptarão a esta nova cultura: a de andarem regularizados.

“Tem sido muito satisfatório o resultado e acreditamos que a tendência é só melhorar. Esse projeto vai continuar e caberá a todos se adaptarem e regularizarem as suas condições. Tudo é uma questão de adaptação, e é da natureza do ser humano se adaptar. E sabendo que vai haver blitz, é mais fácil para as pessoas se adaptarem, até que chegue o ponto de que elas andarão regularizadas sem se preocuparem se está tendo blitz ou não. Esse projeto é constante, vamos continuar em dias, horários e locais não declarados até o momento da ação”, argumentou Emerson Lima.

Segundo o inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Benedito Lima, dos índices gerais, o único que não teve alteração foi a incidência de pessoas na condução de veículos embriagadas.

“Para esta etapa nós vamos mudar a estratégia, sermos mais rigorosos, pois este foi o único índice que não diminuiu. Vale lembrar que, dependendo do teor de álcool, a pessoa pode responder administrativamente, com a multa, e até criminalmente, podendo ser presa”, declarou o inspetor Benedito.

O comandante da Polícia Militar também ressaltou durante a coletiva a importância da presença do Bope e do canil da PM enviados para a cidade. Segundo ele, cerca de 22 homens vieram de Teresina para Picos.

Já a capitã Ana Cleia Diniz, comandante do Corpo de Bombeiros, declarou ser esta uma oportunidade para que a corporação trabalhe no campo, assim como ela foi treinada em Brasília.

“Nesta operação temos trabalhado com primeiros socorros, dando assistência quando necessária. Mas também estamos panfletando as pessoas sobre as queimadas que estão se iniciando. Para mim também é gratificante estar nas ruas, nesse trabalho de preservação, porque foi assim que aprendi em Brasília e gosto muito”, disse ela.

O Sargento Geneziano, coordenador dos agentes do Departamento Municipal de Trânsito , também esteve presente na coletiva e declarou que as críticas que têm recebido quanto a seu trabalho o tem alegrado, pois mostra que o mesmo tem jeito o que é certo para a sociedade picoense.

Para o mês de junho as rotas já foram planejadas e falta apenas a execução do planejamento.

 

 

 

 

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais