33.1 C
Piauí
21 de junho de 2021
Cidades em Foco
Destaque Geral

Acusado de esfaquear a ex-mulher e matar amiga é condenado a 31 anos de prisão

Fórum de Campo Maior, no Norte do Piauí — Foto: Rafael Melo

O pedreiro Francisco de Assis Vasconcelos Campos foi condenado a 31 anos e dois meses de prisão pelo Tribunal do Júri no Fórum de Campo Maior nesta quarta-feira (9). Ele é acusado de esfaquear a ex-esposa, Maria das Dores Campos, e matar a amiga e colega de profissão dela, a professora Adriana Tavares do Vale. G1 tentou, mas não conseguiu contato com a defesa do réu.

Ele foi condenado a 18 anos e nove meses de reclusão pelo crime de feminicídio e 12 anos e cinco meses pela tentativa de feminicídio. Francisco de Assis cumprirá a pena em regime fechado.

De acordo com acusação, ele perseguiu a ex-esposa e a amiga, que estavam em uma motocicleta, e derrubou as mulheres do veículo. Adriana do Vale teria morrido logo após a queda.

Maria das Dores tentou correr, mas, segundo a denúncia, foi alcançada e esfaqueada diversas vezes pelo ex-marido. Francisco de Assis deixou o local logo após o crime e se apresentou na Delegacia Regional de Campo Maior para prestar esclarecimentos depois do período do flagrante.

Posteriormente, a prisão preventiva dele foi decretada e o mandado foi cumprido após denúncia anônima, no dia 31 de agosto de 2018, no município de Sorriso, no Mato Grosso.

Fonte: G1-PI

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais