35.3 C
Piauí
27 de julho de 2021
Cidades em Foco
Geral Polícia

Acusados de matar PM do Maranhão são condenados a 21 anos de prisão

Francisco Lima/TV Cidade Verde

A Justiça condenou os réus Samuel Ribeiro da Silva Costa e Ednaldo Pereira da Silva a 21 anos de prisão pela morte do policial militar do Maranhão, Frantiaiallo Gonçalves Pereira Silva. O crime aconteceu no dia 28 de agosto de 2020, durante assalto na avenida João XXIII, quando ele aguardava a namorada sair de uma loja.

Na decisão, o juiz João Braga Neto, da 3ª Vara Criminal da Comarca de Teresina, negou aos réus o direito de recorrer da sentença em liberdade.

“Em virtude da pena fixada no bojo desta sentença, estabeleço o regime fechado para fins de cumprimento inicial da pena a ambos os sentenciados. Não há que se falar em substituição da pena privativa de liberdade por restritiva de direito, tampouco em suspensão condicional da pena”, disse o juiz.

A denúncia foi recebida pelo juiz em outubro de 2020. De acordo com o processo, além de Samuel e Ednaldo, outras duas pessoas participaram do assalto, dentre eles um adolescente. O objetivo do assalto era roubar a moto e o celular da vítima.

Os condenados alegaram ausência de provas suficientes e pediram absolvição, o que foi negado pelo juiz. Os réus também foram condenados ao pagamento das custas processuais.

Da Redação / Ascom

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais