20.5 C
Piauí
19 de novembro de 2019
Cidades em Foco
Geral Polícia

Adolescente confessa crime contra estudante de Medicina à polícia

O adolescente de 15 anos suspeito de matar o estudante de Medicina, Antônio Rayron Soares de Holanda, de 22 anos, confessou o crime aos policiais que o prenderam e teria repetido a afirmação na Central de Flagrantes. Ele foi apreendido horas depois do crime, no bairro Macaúba, zona Sul de Teresina.

Para a polícia, o adolescente teria supostamente confessado mais dois homicídios, todos cometidos entre outubro e novembro deste ano. “O primeiro que ele conta, foi de um homem que teria cuspido no rosto da mãe dele, e ele chegou e deu três tiros há cerca de um mês atrás. O segundo não tem dez dias, foi no Torquato Neto, depois que a vítima teria ameaçado o pai dele”, detalha Joattan.

O adolescente foi autuado por ato infracional grave equiparado a latrocínio na Central de Flagrantes e de lá será encaminhado à Divisão do Menor Infrator.

Corpo do jovem é levado para Elesbão Veloso

O corpo do jovem Antônio Rayron Soares de Holanda, de 22 anos, é transportado neste momento para sua cidade natal onde será enterrado, em Elesbão Veloso, município a 190 km de Teresina. O jovem cursava Medicina na Universidade Federal do Piauí e foi morto com um único tiro no peito durante um assalto a uma parada de ônibus na avenida Miguel Rosa, Zona Sul da Capital.

O corpo do jovem foi levado para o IMl as 7h deste domingo (25) poucos minutos após o crime e foi liberado por volta de meio-dia após procedimentos legais. Ele foi transportado para a funerária Pax União onde foi velado por alguns minutos por colegas, funcionários e familiares e em seguida transportado para Elesbão Veloso onde deve ser enterrado no fim da tarde. Antônio Rayron tinha 22 anos

Antônio Rayron aguardava o ônibus  quando retornava do estágio no Hospital de Urgência de Teresina. O HUT divulgou nota de pesar após o falecimento do jovem.

É com profunda tristeza que o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) recebeu a notícia da morte prematura de Antonio Rayron Soares de Holanda. Ele era estudante de medicina da UFPI e bolsista do centro cirúrgico do HUT, vítima de latrocínio, na manhã deste domingo. 

Rayron foi um bolsista dedicado e sempre muito zeloso no cumprimento de suas obrigações. Deixamos nossas mais sinceras condolências à família e amigos por esta inestimável perda.

O crime chocou a comunidade acadêmica que realizou uma pequena arrecadação para ajudar a família com despesas extras de translado e enterro de Rayron. A Universidade Federal do Piauí divulgou uma nota de pesar onde pede rigor na investigação do caso e uma breve elucidação.

A Administração Superior da Universidade Federal do Piauí, o Centro de Ciências da Saúde e toda a comunidade universitária lamentam, de forma indignada, a morte precoce, por assalto, do estudante do curso de medicina Antônio Rayron Soares de Holanda ocorrido na madrugada deste 25 de novembro.

A UFPI, ao tempo em que manifesta consternação com o assassinato do estudante, espera rigor na investigação do caso e uma breve elucidação, com responsabilização pela autoria do crime.

Manifesta, ainda, solidariedade com toda a família e amigos.

Fonte: Caroline Oliveira e Rayldo Pereira / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais