Alagoinha: polícia crê que triplo homicídio foi pistolagem

As investigações da Polícia Civil do Piauí apontam para pistolagem otriplo homicídio ocorrido no município Alagoinha do Piauí, a 379 km de Teresina, na semana passada. Na ação criminosa foram assassinados Antônio Sebastião de Sá, conhecido como Antônio Virgilio, a mãe dele, Terezinha Francisca, e Francisca Conceição que era cuidadora da mãe de Virgilio.

“Estamos trabalhando muito e indo no caminho certo. Já sabemos que há um mandante e dois executores. O alvo deles era o Antônio Virgilio e as mulheres foram mortas porque testemunharam. O crime teria sido encomendado”, explica o delegado Aureliano Barcelos, titular das delegacias de Alagoinha e Pio IX. Uma das armas usadas era um pistola 380.

Antônio Virgilio é suspeito de ser o autor dos disparos que mataram o vereador de São Julião, Emídio Reis em janeiro de 2013. A vítima morava em Picos e tinha ido a Alagoinha do Piauí visitar a mãe.

“Não podemos repassar mais detalhes sobre as linhas de investigação para não atrapalhar”, frisa o delegado.

Ele reforça que já foram colhidas algumas provas e ouvidas testemunhas.

O resultado da perícia criminal está sendo aguardado para que seja esclarecida a dinâmica do triplo homicídio.

Polícia Civil informou que alvo do criminosos era Antônio Virgílio

 

 

Por  Graciane Sousa / CidadeVerde

Compartilhar:

Por: Júnior Oliveira

Diretor Geral