25.6 C
Piauí
24 de junho de 2022
Cidades em Foco
Geral Patos do Piauí Piauí

Apenas Patos, Queimada Nova e mais uma cidade do PI enviou as informações do SIOPS e não terão recursos bloqueados

O Prazo legal para a prestação de contas junto ao Sistema de Orçamento Público (SIOPS) encerra nesta terça-feira, 30 de janeiro, apesar do curto período de tempo 98,6% dos municípios do Piauí ainda não tinham prestado as informações necessárias na plataforma até o final da tarde de terça-feira, dia 29, referentes ao sexto bimestre do anos passado. Diante disso, o alerta é que todos os gestores possam enviar os dados urgentemente.

O prazo final é até o dia 02 de março para homologar, sem suspensão de recursos.

Apenas os município de Teresina, Patos do Piauí e Queimada Nova tinham comprido com a obrigação. Outros entes sequer finalizaram o procedimento do quinto bimestre. Segundo a Confederação dos Município, a medida é importante por que garante o recebimento de recursos para a área de Saúde. Como destaca a entidade, o município fica sujeito a penalidades se deixar de homologar as informações. Elas passam a ser aplicadas 30 dias após o prazo legal ser finalizado.

Segundo a secretária de Saúde de Patos do Piauí, Edvania Pires, “No ano de 2016 Patos foi o primeiro município piauiense a prestar contas do SIOPS e este ano ficamos mais uma vez entre os três primeiros. Parabenizo a toda equipe contábil da nossa gestão, tendo a frente o competente contador Antenor Cavalcante. Isso é uma demonstração do compromisso e da responsabilidade assumida pelo prefeito Dr. Agenilson com a gestão pública”. Finalizou.

A não-declaração ou alimentação do SIOPS referente ao último bimestre do exercício financeiro impede a transmissão de dados do exercício financeiro subsequente até a regularização da situação pendente. Entre as principais sanções está a suspensão das transferências constitucionais, por exemplo, o Fundo de Participação do Município (FPM) e o Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR). O FPM, por exemplo, é fonte de sobrevivência financeira especialmente para as pequenas cidades.

A situação de entrega dos relatórios pelos município pode ser acompanhada por qualquer cidadão na página eletrônica do Ministério da Saúde.

Com informações: Jornal Meio Norte

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais