25.2 C
Piauí
4 de outubro de 2022
Cidades em Foco
GeralLagoa do BarroSaúde

Após campanha, Lagoa do Barro alcança 100% de cobertura vacinal contra poliomielite em crianças de até 4 anos

Fotos: Reprodução

A Prefeitura Municipal de Lagoa do Barro do Piauí, através da Secretaria de Saúde, divulgou um balanço positivo nesta quarta-feira (22): o alcance de 100% de cobertura vacinal contra a poliomielite de crianças até quatro anos após campanha do município. As doses foram dadas de segunda a sexta na sede, UBS do povoado Umburana e UBS do povoado Santa Teresa.

A campanha teve início em 8 de agosto, com o público alvo voltado para crianças menores de cinco anos. Após ter sido realizado um levantamento juntamente com os agentes comunitários de saúde, foi compartilhado publicações nas redes sociais, com informações de datas, locais e importância da dose no público infantil.

Foto: Divulgação

De acordo com a gerente de imunização, Bárbara Ferreira, foram encontradas dificuldades para atingir a totalidade, mas o trabalho dos ACS facilitou no processo, a quem a profissional agradece juntamente com os vacinadores e todos que se empenharam na campanha.

“Quanto às outras regiões do município, nossas equipes se deslocaram até essas localidades para, assim, atingir o máximo de crianças possíveis. Não foi fácil, sempre tínhamos uma dificuldade com aquele público faltoso e que por algum motivo não procura a unidade. Graças ao trabalho dos ACS, peça fundamental nessa campanha conseguimos localizar todas essas crianças através de um busca ativa diária e, assim, ultrapassar a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde”, contou.

A notícia vem em um momento oportuno. Erradicada no Brasil desde 1989, os casos da doença podem retornar devido à baixa adesão do país na campanha de vacinação, segundo alerta da Opas (Organização Pan-Americana da Saúde). Em Lagoa do Barro, no entanto, o trabalho tem atingido a população de forma eficiente e o objetivo está sendo cumprido. O secretário de saúde, Marquino Rocha, comentou a situação.

“Com as baixas coberturas vacinais no país, a imunização contra a pólio fica ainda mais urgente. Já estamos vendo que nos Estados Unidos registraram o primeiro caso de pólio em quase uma década. Nós não queremos que aconteça com as nossas crianças. Por isso, é fundamental que as metas de coberturas vacinais sejam atingidas, assim como a pólio aqui em Lagoa do Barro”, afirmou.

Devido a procura não estar sendo grande no país, o período nacional foi aumentado para abranger mais pessoas. Barbara Ferreira deixa o convite para os moradores de Lagoa do Barro e região: “Lembrando que a campanha se estendeu até o dia 30 de setembro. Se tiver algum pai ou mãe que não vacinou o seu filho, procure a unidade de saúde”, finalizou.

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais