27.3 C
Piauí
9 de julho de 2020
Cidades em Foco
Destaque Entretenimento Geral

As incertezas provocadas pela pandemia na vida das cantoras Fafá Santana e Karlla Thalyta

Fotos arquivo pessoal das artistas!

Por Marciana Barbosa / Cidades em Foco

As mudanças ocorridas no ano de 2020 na vida dos cantores brasileiros, assim como em outras profissões foram visíveis, a impossibilidade de realizar shows provocou um cenário de incertezas na vida desses profissionais, e não foi muito diferente do que aconteceu com as cantoras picoenses Fafá Santana e a Karlla Thalyta.

O palco foi transferido para a tela da TV, celular ou computador, músicos de todos os estilos tem realizado transmissões em que apresentam seus repertórios, as chamadas “Lives” e foi o que as cantoras Fafá Santana e Karlla Thalyta começaram a fazer, onde em suas “Lives” conseguiram ter um feedback maravilhoso e ajudar muitas pessoas que realmente estavam precisando nesse momento de pandemia da Covid-19.

A cantora Fafá Santana explica que nada se compara a ter a presença e a energia do público:  “Mas nesse momento as “Lives” é o meio encontrado para extravasar um pouco da energia e vontade de cantar e, ao mesmo tempo, levar boa música aos lares, além de arrecadar alguns recursos para ir sobrevivendo, como também ajudar outras pessoas”.

Para a cantora Karlla Thalyta em meio a tantas incertezas que a pandemia trouxe uma das coisas boas que aconteceu foi a invenção das ‘Lives’, “que acabou abrindo a nossa visão para isso, não é a mesma coisa que um show por não ter o contato direto com o público, mas é algo que as pessoas tem gostado bastante e inclusive já fiz algumas pelo Instagram e uma pelo Youtube, onde tive um bom feedback e conseguir ajudar muita gente”, explica.

A cantora Fafá Santana estava com sua agenda profissional lotada até o mês de maio desse ano, e com a vinda da pandemia esse cenário teve que ser mudado, os shows presencias foram cancelados e ficou só a saudade do contato com o público e também a incerteza de quando tudo isso vai passar.

“A energia do público, aquela adrenalina de preparação para o show, o contato com a equipe do evento, a iluminação, viajar, conhecer gente, receber o carinho do público, isso não tem preço”, pontua Fafá Santana.

Com o impacto da pandemia o retorno aos palcos será mais demorado, tendo em vista que é uma profissão que trabalha com aglomerações e precisam do público para se manterem. A agenda de shows dessas cantoras assim como de tantos outros profissionais tiveram que ser adiadas, um ano com muitos shows marcados e uma impossibilidade de serem realizados.

A mensagem deixada pela cantora Fafá Santana para este momento: “É de que tudo o que acontece tem um propósito, somos todos iguais, a solidariedade deve ser constante, que o amor ao próximo deve estar presente no dia a dia e que a empatia é o que muda o mundo”, finaliza.

Para a cantora Karlla Thalyta o que mais a marcou nesse período: “É que através da “Live” a gente conseguiu ajudar muitas pessoas que estavam precisando e é algo que quero continuar fazendo não só nesse momento, mas após isso quero continuar fazendo algo para ajudar quem está precisando, pois não é só nesse período que as pessoas precisam, sempre tem gente que precisa”, pontua.

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais