34.8 C
Piauí
29 de junho de 2022
Cidades em Foco
Geral Política

Assembleia rejeita projeto que libera medicamentos à base de cannabis no Piauí

Foto: Thiago Amaral/ Alepi

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa arquivou nesta terça-feira (30) o projeto de Lei que visa liberar o uso de medicamentos à base de Cannabis Sativa no Piauí.  Com a rejeição, o projeto, de autoria do deputado Ziza Carvalho (PT), não pode mais ser discutido nessa legislatura.

O relatório que pediu o arquivamento foi apresentado pelo deputado estadual Júlio Arcoverde (Progressistas), que defende que a Assembleia Legislativa aguarde a tramitação de uma matéria sobre o tema no Congresso Nacional.

“Nós não somos contra o uso do cannabidiol na medicina, julgamos aqui e pedimos e arquivamento pela constitucionalidade. Existe uma matéria que está tramitando na Câmara Federal sobre a aplicação, importação e o cultivo para usos medicinais. Então, após essa matéria ser votada na Câmara Federal é que podemos votar aqui no estado do Piauí”, defendeu Júlio Arcoverde.

A votação pelo pedido do arquivamento uniu parlamentares da oposição e da base do governador Wellington Dias (PT), como o deputado Carlos Augusto (PL), que justificou o posicionamento contrário à matéria.

‘Eu acredito na medicação, estamos prontos para apoiar. Não é nada contra o projeto em si, mas a questão é dimensionar. Quem vai plantar? Quem vai fiscalizar? Não podemos ter plantação de maconha indistintamente nesse país, porque estamos longe de estar preparados para isso”, justificou o deputado.

Cannabis 

Os medicamentos fabricados através da Cannabis Sativa, como o canabidiol, podem atuar no sistema nervoso central e ser utilizados para tratamento de doenças psiquiátricas e neurodegenerativas, como esclerose múltipla, esquizofrenia, epilepsia e mal de Parkinson.

Fonte: Natanael Souza / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais