28.9 C
Piauí
3 de junho de 2020
Cidades em Foco
Geral Política

Assis Carvalho quer diminuição dos gastos do governo federal com cartão corporativo

O deputado federal também quer mais transparência nos gastos com cartão - Foto: Elias Fontinele/O Dia

Na Câmara Federal, o deputado Assis Carvalho (PT) tenta a aprovação de um Projeto de Lei regulamentando novas regras para o uso do Cartão de Pagamento do Governo Federal (CPGF). Além de impor mais transparência, a proposta determina redução de 20% dos gastos corporativos pelo período de um ano.

Segundo o parlamentar, o cartão corporativo não tem sido utilizado de forma transparente pela atual gestão, que tem declarado seus gastos como sigilosos. Para ele, esses recursos poderiam ser economizados para investimentos na saúde e proteção social dos mais vulneráveis, principalmente neste momento de pandemia.

“É fundamental que o governo federal faça sua parte e contenha os gastos neste momento de crise. A situação atual é incerta e pode ser causa para gastos imensos futuros para conter a pandemia e ajudar os setores sociais e econômicos mais prejudicados”, afirmou o piauiense.

O CPGF, também conhecido como Cartão Corporativo, foi criado em 2005 como um meio de pagamento capaz de proporcionar à administração pública mais agilidade, controle e modernidade na gestão de recursos. Em 2019, dos R$ 9,07 milhões gastos nos cartões de pagamento do Planalto e da Presidência da República, mais de 81% foram declarados sigilosos ou não especificados.

Por: Breno Cavalcante, do Jornal O Dia

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais