Bandidos rendem dez pessoas e fazem arrastão em CRAS no Piauí

Dois homens invadiram o Centro de Referência Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) da Vila Irmã Dulce, na zona Sul de Teresina, e fizeram um arrastão na tarde desta quinta-feira (20). Os dois renderam as pessoas que estavam no local, trancaram todos em uma sala e roubaram celulares, dinheiro e pertences das vítimas. A ação aconteceu por volta das 15h30.

De acordo com o capitão Gerson Santana, da Companhia Independente do Promorar, cerca de dez pessoas estavam no CRAS quando os dois suspeitos chegaram de moto, sacaram as armas e anunciaram o assalto. “Eles invadiram o local, colocaram o pessoal de refém, trancaram em uma sala e levaram cerca de 12 celulares, dinheiro, bolsas e carteiras”, contou o capitão.

Gerson Santana disse que as vítimas não relataram agressões físicas por parte dos bandidos, mas apenas verbais e que a ação durou cerca de 20 minutos.  A polícia informou também que as vítimas prestaram queixa à polícia e que a PM está em diligências a procura dos suspeitos, mas que não há informações ainda sobre nenhum deles.

Em nota, a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) disse que a polícia está apurando o caso.

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) informa que, sobre o assalto ao CRAS Sul II, localizado na Vila Irmã Dulce, zona Sul da capital, dois indivíduos ainda não identificados renderam o vigia do CRAS e tomaram de assalto uma motocicleta de um funcionário e quatro aparelhos celulares. A ação ocorreu por volta das 16h. A Polícia Militar foi acionada pelos servidores do espaço para capturar os criminosos e conta com o apoio da Guarda Municipal de Teresina para as diligências em busca dos acusados.

Fonte: Lyza Freitas / CidadeVerde