21.9 C
Piauí
23 de outubro de 2019
Cidades em Foco
Geral Política

Bolsonaro veta exigência de psicologia em escolas públicas

Brasília (DF), 16/07/19. Jair Bolsonaro - presidente da república. Posse do presidente do BNDES. Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

presidente Jair Bolsonaro (PSL) vetou integralmente projeto de lei que tornava obrigatória a prestação de serviços de psicologia e serviço social nas redes públicas de educação básica.

O veto está publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (09/10/2019), e se dá, segundo explica o governo, porque cria despesas ao Poder Executivo sem indicar uma fonte de receita, o que fere a Lei de Responsabilidade Fiscal.

“A propositura legislativa, ao estabelecer a obrigatoriedade de que as redes públicas de educação básica disponham de serviços de psicologia e de serviço social, por meio de equipes multiprofissionais, cria despesas obrigatórias ao Poder Executivo, sem que se tenha indicado a respectiva fonte de custeio, ausentes ainda os demonstrativos dos respectivos impactos orçamentários e financeiros”, diz o texto.

A Presidência da República consultou os Ministérios da Educação e da Saúde para decidir pelo veto à matéria.

Fonte: metropoles

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais