29 C
Piauí
22 de maio de 2022
Cidades em Foco
Geral Polícia

Cabo Samuel filma própria morte e família divulga vídeo pedindo justiça no Piauí

Foto: Arquivo pessoal

Hoje completa dois anos do assassinato do policial militar do Piauí, Samuel de Sousa Borges, em Teresina. O vídeo exclusivo do momento dos disparos de arma de fogo que matou o policial foi divulgado, nesta segunda-feira (1), pelos familiares, como forma de pedir por justiça. Até agora, o julgamento do autor do crime, o policial militar do Maranhão, Francisco Ribeiro dos Santos Filho, não ocorreu. A família de Samuel fala da saudade e do sentimento de indignação pela lentidão do processo.

O vídeo gravado por Samuel e divulgado pela família faz parte do inquérito como prova do crime. “É um vídeo com cenas muito fortes. Eu não gosto nem de ver porque não consigo imaginar o meu esposo, nesse momento que passou, na frente do meu filho. Meu esposo estava levando o meu filho para a escola, como sempre fazia. A gente decidiu postar hoje para que a justiça seja feita, o mais rápido possível. Faz dois anos que o meu esposo partiu. A dor de perder um ente querido, a dor da injustiça, até agora nada feito. É difícil, muito difícil”, comenta a viúva de Samuel, Jaysse Borges em entrevista à TV Cidade Verde.

Hoje completa dois anos do assassinato do policial militar do Piauí, Samuel de Sousa Borges, em Teresina. O vídeo exclusivo do momento dos disparos de arma de fogo que matou o policial foi divulgado, nesta segunda-feira (1), pelos familiares, como forma de pedir por justiça. Até agora, o julgamento do autor do crime, o policial militar do Maranhão, Francisco Ribeiro dos Santos Filho, não ocorreu. A família de Samuel fala da saudade e do sentimento de indignação pela lentidão do processo.

O vídeo gravado por Samuel e divulgado pela família faz parte do inquérito como prova do crime. “É um vídeo com cenas muito fortes. Eu não gosto nem de ver porque não consigo imaginar o meu esposo, nesse momento que passou, na frente do meu filho. Meu esposo estava levando o meu filho para a escola, como sempre fazia. A gente decidiu postar hoje para que a justiça seja feita, o mais rápido possível.

Outros casos

O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Teresina remeteu o mandado de prisão contra o soldado Francisco Ribeiro dos Santos Filho, da Polícia Militar do Maranhão, por um assassinato ocorrido dia 16 de agosto de 2018 no bairro Pedra Mole, zona Leste de Teresina. Ribeiro já responde pelo homicídio do cabo Samuel Borges. Ele esta recolhido em um presídio militar. el. Faz dois anos que o meu esposo partiu. A dor de perder um ente querido, a dor da injustiça, até agora nada feito. É difícil, muito difícil”, comenta a viúva de Samuel, Jaysse Borges em entrevista à TV Cidade Verde.

Carlienne Carpaso (com informações da TV Cidade Verde)

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais