Câmara aprova implantação do Brasão Oficial do município de Picos

A Câmara Municipal de Picos aprovou nesta quarta-feira, 5 junho, o Projeto de Lei que dispõe sobre a instituição do Brasão Oficial do Município de Picos. O projeto de lei foi aprovado por unanimidade em duas votações e agora será encaminhado ao prefeito Padre Walmir Lima para que seja sancionado.

Brasão Oficial do município

Após a sansão e publicação, o Brasão Oficial do Município será de uso obrigatório em documentos oficiais, prédios públicos, veículos oficiais e placas indicativas de obras. Além de em atos, programas, serviços e campanhas do município.

Na justificativa, o prefeito Padre Walmir de Lima enaltece a riqueza cultural do município, destacando os valores conservados pelas memórias coletivas, que atingem todo o Sertão central piauiense.

“Pensando na valorização desse patrimônio, esta proposta de implantação de um brasão como arma, visa ao enaltecimento do legado que a história e a cultura de Picos conferem à região”, afirmou.

O prefeito argumentou ainda que o brasão também é importante do ponto de vista econômico, uma vez que, com sua implantação, ficará vedada a adoção de outras logomarcas municipais, impedindo a mudança de identidade visual a cada troca de gestor.

“Isso acarretará na redução de despesas com impressões e reimpressões de material gráfico publicitário, além do valor simbólico que se perpetuará na história administrativa do Município”, pontou.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Picos, Hugo Victor, o projeto é de grande importância, uma vez que o brasão será o símbolo de Picos. ”Será um brasão único e pra todos! Daqui pra frente todos os prefeitos terão que adotá-lo e irá gerar economia para o município, uma vez que tudo será padronizado, gerando diminuição de custos”, destacou.

Câmara aprovou o projeto em duas votações

Significados do Brasão Oficial        

O brasão exalta as culturas de plantio do alho e algodão, que acompanham a trajetória secular da cidade, além da cajucultura e apicultura, que atualmente colocam a cidade de Picos em lugar de destaque como produtora e exportadora de Mel.

Aspectos geográficos e naturais, como os morros característicos que dão nome a Picos, o céu de azul vibrante, o sol tão quente o ano inteiro e o lendário Rio Guaribas, também são lembrados no Brasão.

As características da infraestrutura da cidade, a exemplo das rodovias federais, que fazem de Picos, o segundo maior entroncamento rodoviário do Nordeste, e a imponente Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios, considerada a Segunda Maravilha do Piauí, também são destacados com todo o seu simbolismo e representatividade.

Além de trabalhar os aspectos culturais e a memória histórica, o Brasão é considerado um legado que o Município deixará para esta e as gerações vindouras da cidade de Picos.

Responsáveis pelo desenvolvimento do Brasão de Picos

O Brasão foi desenvolvido pela Coordenação de Comunicação Social do Município, em parceria com notáveis picoenses. Destacaram-se na construção simbólica, gráfica e histórica, o advogado e coordenador de Comunicação Social, José Antônio Monteiro Neto, a Jornalista Marta Soares de Lima, o Design Gráfico Marcelo de Sousa Damasceno (in memoriam), a professora e artista plástica, Raimunda Fontes de Moura e a professora e secretária de Planejamento Orçamento e Avaliação, Maria Oneide Fialho Rocha.

 

 

Por Junior Oliveira, Ascom

Compartilhar:

Júnior Oliveira

Diretor Geral