22.7 C
Piauí
24 de maio de 2019
Cidades em Foco
Geral Internacional

Câmara aprova implantação do Brasão Oficial do município de Picos

A Câmara Municipal de Picos aprovou nesta quarta-feira, 5 junho, o Projeto de Lei que dispõe sobre a instituição do Brasão Oficial do Município de Picos. O projeto de lei foi aprovado por unanimidade em duas votações e agora será encaminhado ao prefeito Padre Walmir Lima para que seja sancionado.

Brasão Oficial do município

Após a sansão e publicação, o Brasão Oficial do Município será de uso obrigatório em documentos oficiais, prédios públicos, veículos oficiais e placas indicativas de obras. Além de em atos, programas, serviços e campanhas do município.

Na justificativa, o prefeito Padre Walmir de Lima enaltece a riqueza cultural do município, destacando os valores conservados pelas memórias coletivas, que atingem todo o Sertão central piauiense.

“Pensando na valorização desse patrimônio, esta proposta de implantação de um brasão como arma, visa ao enaltecimento do legado que a história e a cultura de Picos conferem à região”, afirmou.

O prefeito argumentou ainda que o brasão também é importante do ponto de vista econômico, uma vez que, com sua implantação, ficará vedada a adoção de outras logomarcas municipais, impedindo a mudança de identidade visual a cada troca de gestor.

“Isso acarretará na redução de despesas com impressões e reimpressões de material gráfico publicitário, além do valor simbólico que se perpetuará na história administrativa do Município”, pontou.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Picos, Hugo Victor, o projeto é de grande importância, uma vez que o brasão será o símbolo de Picos. ”Será um brasão único e pra todos! Daqui pra frente todos os prefeitos terão que adotá-lo e irá gerar economia para o município, uma vez que tudo será padronizado, gerando diminuição de custos”, destacou.

Câmara aprovou o projeto em duas votações

Significados do Brasão Oficial        

O brasão exalta as culturas de plantio do alho e algodão, que acompanham a trajetória secular da cidade, além da cajucultura e apicultura, que atualmente colocam a cidade de Picos em lugar de destaque como produtora e exportadora de Mel.

Aspectos geográficos e naturais, como os morros característicos que dão nome a Picos, o céu de azul vibrante, o sol tão quente o ano inteiro e o lendário Rio Guaribas, também são lembrados no Brasão.

As características da infraestrutura da cidade, a exemplo das rodovias federais, que fazem de Picos, o segundo maior entroncamento rodoviário do Nordeste, e a imponente Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios, considerada a Segunda Maravilha do Piauí, também são destacados com todo o seu simbolismo e representatividade.

Além de trabalhar os aspectos culturais e a memória histórica, o Brasão é considerado um legado que o Município deixará para esta e as gerações vindouras da cidade de Picos.

Responsáveis pelo desenvolvimento do Brasão de Picos

O Brasão foi desenvolvido pela Coordenação de Comunicação Social do Município, em parceria com notáveis picoenses. Destacaram-se na construção simbólica, gráfica e histórica, o advogado e coordenador de Comunicação Social, José Antônio Monteiro Neto, a Jornalista Marta Soares de Lima, o Design Gráfico Marcelo de Sousa Damasceno (in memoriam), a professora e artista plástica, Raimunda Fontes de Moura e a professora e secretária de Planejamento Orçamento e Avaliação, Maria Oneide Fialho Rocha.

 

 

Por Junior Oliveira, Ascom

Notícias relacionadas

Sob hino do Flamengo e ‘Parabéns pra você’, corpo de Arthur Vinicius é sepultado

Maciel Sousa

Wesley Safadão nega interesse na carreira política: ‘Nunca pensei nisso’

Junior Oliveira

Aplicativo de dublagem Dubsmash atrai milhões de usuários e artistas

Junior Oliveira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais