26 C
Piauí
28 de maio de 2020
Cidades em Foco
Destaque Geral

Câncer de mama atinge 600 mulheres por ano no Piauí

Com a chegada do mês de outubro, é intensificado o trabalho de incentivo ao autoexame da mama entre a população de mulheres com o Outubro Rosa. Estimativas do Instituto Nacional do Câncer apontam que só no Piauí o câncer de mama atinge 600 mulheres por ano.

No ano passado foram registrados 545 novos diagnósticos da doença e 157 casos de mortes por complicações. O mais grave é que em 70% dos diagnósticos a doença estava nos estádios mais graves. A doença é a que mais mata mulheres no país.

“É importante que a mulher conheça o seu corpo,que ela analise o seu corpo que ela observe alterações na mama, seja a presença de nódulos na mama ou na axila ou no pescoço, que ela observe a coloração da pele, que observe se há saída de líquido pela mama”, alerta a coordenadora Estadual de Saúde da Mulher, Alzenir Moura Fé.

Os especialistas alertam que a doença é silenciosa mas que quando descoberta cedo, as chances de cura aumentam.

Para prevenir a sociedade, principalmente as mulheres, uma caminhada do Outubro Rosa ocorre neste domingo (6) com distribuição de senhas para exames de mamografia.

O trabalho de diagnóstico começa na unidade básica. A cada dois anos, mulheres de 50 a 69 anos devem fazer a mamografia. De acordo com a coordenadora Estadual de Saúde da Mulher, existem mamógrafos em 17 municípios do Piauí disponíveis pelo SUS para exames mais detalhados.

Fonte: Valmir Macêdo / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais