24.9 C
Piauí
23 de setembro de 2021
Cidades em Foco
Destaque Geral

Cantor Paulynho Paixão morre após sofrer dois acidentes no Piauí

O cantor e compositor Paulynho Paixão, 43 anos, que morreu na madrugada dessa sexta-feira (3) chegou a gravar um vídeo para sua esposa mostrando os estragos no veículo, um corola, de sua propriedade.

Francisco de Paula Moura, o Paulynho Paixão, conhecido como o rei do coladinho, sofreu dois acidentes em cerca de três horas próximo ao município de São Miguel da Baixa Grande, (cidade que fica a 138km de Teresina).

“Meu amor estava indo ti ver e capotei o carro, quebrou e acabou com tudo aqui”, disse o cantor.

Paulynho Paixão se deslocava na noite de ontem (2) de sua cidade natal, São Miguel da Baixa Grande, para buscar sua mulher em Teresina, quando ocorreu o acidente. Por volta das 21h, ele capotou na BR-316 e saiu apenas com alguns ferimentos leves.

O primo de Paulynho Paixão, Esteves José de Moura, contou que ele conseguiu pegar uma carona de volta a cidade e pediu para que o irmão fizesse o reboque do veículo. Ao chegar em sua residência, na cidade de São Miguel da Baixa Grande, o cantor resolveu retornar ao local do acidente usando uma moto. A 15 km da cidade, em uma ladeira, ele se acidentou novamente por volta da meia noite. Seu irmão que passava pelo local socorreu o cantor.

“A cidade parou e todos estão em comoção”, disse Esteves.

O prefeito da cidade, Josimar Teixeira, viu o momento do socorro. “Ele sentia muito dor, estava vivo e pedia: ‘não me deixe morrer”. Paulynho Paixão chegou a ser levado para o hospital da cidade de Água Branca, mas não resistiu aos ferimentos.

“Ele estava com fratura exposta na perna passei alguns momentos falando com ele, o acalmando, mas infelizmente ele não resistou. É lamentável, a cidade e o País perderam um grande compositor. Piauí está de luto”, disse o prefeito.

A cidade decretou luto e o sepultamento ocorreu às 10h da manhã de hoje.

Paixão fazia sucesso como cantor no Nordeste e suas músicas eram interpretadas por artistas como Wesley Safadão, Simone e Simaria, Xand Avião, Luan Santana, Gustavo Lima, Léo Magalhães. Em agosto do ano passado, Paulynho Paixão chegou a ser preso suspeito de agredir sua mulher. Ele deixa dois filhos e mais de seis mil músicas registradas em cartórios. A família informou que o cantor produziu recentemente e durante a quarentena cerca de 10 novas músicas.

Produtor chora ao anunciar morte do cantor

Valmir Macêdo (Com informações do Notícias da Manhã)

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais