25.9 C
Piauí
3 de abril de 2020
Cidades em Foco
Entretenimento Geral

Carnaval: busca por procedimentos estéticos cresce 20% no Piauí

Além de muito samba no pé, muitos piauienses querem cair na folia com o corpo perfeito para aproveitar o feriado de momo em grande estilo. Seja em bloquinhos de ruas ou prévias carnavalescas, alguns foliões aproveitam o momento e se voltam aos procedimentos estéticos para fazer “ajustes” que acham necessário às vésperas do carnaval.

De acordo com o cirurgião plástico, William Machado, a procura por procedimentos estéticos aumenta 20% em relação aos outros meses do ano.

O cirurgião destaca ainda que as cirurgias mais desejadas nessa época do ano são:

  1. Prótese mamária (silicone nos seios)
  2. Lipoaspiração (remoção de gordura de diversos locais diferentes corpo
  3. Botox (suavizar as rugas e linhas de expressão do rosto)
  4. Procedimentos faciais (Rejuvenescimento facial, flacidez e tratamento de manchas)

“A procura pelos procedimentos antes do carnaval e até bem próximo da data é alta. Mas, sempre reforço que todo procedimento exige cuidados especiais no pós-operatório, em torno de duas a quatro semanas, a depender da cirurgia realizada”, explica William.

Ainda de acordo com o cirurgião, existem alguns procedimentos possível de se realizar com até uma semana da véspera de carnaval. William conta que novas tecnologias têm facilitado o avanço dos métodos cirúrgicos e de anestesia, possibilitando cirurgias mais tranquilas.

“É possível realizar procedimentos estéticos às vésperas do carnaval. Botox e preenchimentos faciais, por exemplo, são procedimentos simples que exigem pouco tempo de recuperação, pois a duração da aplicação dura em torno de 10 minutos com liberação do paciente logo em seguida”, pontua.

O profissional recomenda planejamento e, acima de tudo, que o paciente sempre procure ajuda médica. “Minha dica é planejamento. Se a intenção é curtir esta temporada com o corpo em dia, é interessante que o paciente consulte o cirurgião com antecedência”, finalizou William Machado.

Edição: Adriana Magalhães
Por: Jorge Machado, do Jornal O Dia

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais