29.9 C
Piauí
6 de fevereiro de 2023
Cidades em Foco
GeralPolíciaSertão do Inhamuns em Foco

Cartel da Bolívia foi o responsável pelo roubo de avião no Piauí

Fotos: Divulgação/SSP

Um cartel da Bolívia foi responsável pelo roubo do avião, modelo Cesnna 206, avaliado em R$ 2 milhões, informou o delegado Charles Pessoa, coordenador do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco). O avião monomotor foi roubado no dia 14 de janeiro deste ano quando bandidos armados invadiram o Clube do Ultraleve do Piauí, na zona Leste de Teresina, renderam o caseiro e decolaram do local. A aeronave pertence ao médico Jacinto Lay.

A aeronave foi localizada na segunda-feira (23) após cair na cidade Juara, a 690 km de Cuiabá, no estado de Mato Grosso, próximo a uma pista de pouso. Dois homens que estavam no monomotor, que seriam bolivianos, fugiram após o acidente. Outros três homens foram presos após serem encontrados próximo ao local da queda, com seis tambores de gasolina para avião, totalizando aproximadamente 360 litros de combustíveis.

A aeronave já tinha sido adulterada, onde foram alterados os seus prefixos e também tinha sido pintada. A informação é que o avião estava sendo usado por um cartel da Bolívia.

“Desde o roubo teve uma troca de informações, então estava sendo realizado um trabalho integrado entre as polícias de outros estados, com a Aeronáutica, então já tinha essa suspeita que o avião estava sendo usado por um cartel da Bolívia para o tráfico internacional de drogas”, explicou Charles Pessoa.

Após o roubo do avião na cidade de Teresina, ele foi levado inicialmente para a Bolívia. “Com esse trabalho integrado, a informação que chegou é que ele estava circulando. Depois do roubo foi para a Bolívia, sendo usado para o tráfico. Foi para lá e depois começou a circular”, destacou.

Os três homens presos, até o momento, decidiram não prestar informações. As Polícias Civil do Piauí e Mato Grosso vão atuar juntas na investigação. “Como o avião caiu lá, eles vão também investigar, mas vamos atuar juntos, de forma integrada, compartilhando informações e provas para a investigação”, explicou o delegado.

Dono manda equipe para MT

O médico Jacinto Lay, que é o proprietário do avião, informou que irá mandar uma equipe para o estado de Mato Grosso, para poder trazer ele de volta ao Piauí.

“Ele está bem danificado, vou mandar um piloto e um mecânico, eles vão tentar arrumar um caminhão, para desmontar o avião e trazer ele de caminhão para Teresina. Pelas informações que a gente teve, está bem avariado, mas ainda não tem como fazer uma estimativa [de quanto será gasto para consertar] sem trazer para a oficina, para poder ser feito um orçamento e ver o que vai ser de gasto”, destacou.

Fonte: Bárbara Rodrigues / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais