25.2 C
Piauí
4 de outubro de 2022
Cidades em Foco
DestaqueGeralJaicósPicosPolícia

Caso Epaminondas: executores e agenciadores devem passar pelo tribunal do júri em setembro

Imagem: Reprodução

No próximo dia 05 de setembro acontece o júri popular dos acusados de executarem e agenciarem o assassinato do empresário jaicoense Epaminondas Coutinho, ocorrido no dia 08 de junho de 2013, em frente à sua residência, nas proximidades da Prefeitura Municipal de Picos, quando a vítima retornava com seu filho de uma atividade escolar.

Serão jugados Tiago Osório Cavalcante, e seu irmão Yago, os quais são apontados pela Promotoria como agenciadores do homicídio, e Irinaldo José do Nascimento – o Teté – e Manoel dos Santos Matos – o Santinho.

Dos quatro, Tiago e Teté seguem presos, Santinho encontra-se foragido e Yago está solto.

O sorteio dos jurados que participarão do júri popular acontece nesta quinta-feira (04).

Relembre o caso

O empresário Epaminondas Coutinho Feitosa foi assassinado a tiros na frente de seu filho, quando chegava em casa na noite do dia 08 de junho de 2013, ou seja, há 9 anos. Após diligências e coletas de filmagens, os executores e agenciadores foram identificados.

Indícios apontam que a principal causa do homicídio seria um seguro de vida que a vítima havia feito e deixaria para o filho.

Com as investigações, os executores apontaram a viúva Antônia Sousa de Andrade Rocha como mandante do crime. Ela foi julgada e condenada a 24 anos de prisão, no ano de 2015, mas, após decisão do Supremo Tribunal Federal, ela foi solta, juntamente com os demais envolvidos no crime.

Em 2017 a liberdade de todos foi revogada. Teté, único que não havia foragido da cidade, foi preso. Algum tempo depois, Tiago foi capturado no estado do Pará, onde permanecia preso até recentemente, quando foi transferido para Picos. A viúva foi encontrada no ano passado, na cidade litorânea de Beberibe-CE. Santinho segue foragido.

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais