20 C
Piauí
24 de setembro de 2020
Cidades em Foco
Destaque Geral

COE recusa proposta de Conselho e academias só abrem em setembro no Piauí

Foto: Roberta Aline

O Comitê de Operações Emergenciais (COE) do Governo do Estado recusou, nesta segunda-feira (3), a proposta do Conselho Regional de Educação Física (CREF-PI) de reabrir as academias no dia 17 de agosto. De acordo com o calendário de retorno das atividades, o setor só está autorizado a funcionar a partir de 8 de setembro.

“As academias são ambientes fechados e pessoas vão se aglomerar e ter o mesmo contato com os aparelhos, então não tem como voltar. É a decisão do COE”, disse o superintendente estadual de assistência de alta complexidade da Sesapi, Alderico Tavares, que é membro do Conselho.

O CREF argumentou que a prática regular e orientada de exercícios físicos traz benefícios à saúde da população. A entidade também destaca que já existem protocolos estabelecidos que possibilitam a retoma segura das atividades, sem potencializar os riscos de contaminação pela Covid-19.

Entre os espaços que podem ser reabertos, estão os estúdios de atendimento personalizado (Personal Training), semelhante ao Pilates; Box de Cross Training e similares; e academias. De acordo com a proposta do CREF-PI, os estabelecimentos funcionarão apenas com 50% da sua capacidade de atendimento, seguindo todas as regras de sanitização e higiene.

“Nosso objetivo é contribuir com os órgãos públicos de gestão e saúde no auxílio à retomada segura das atividades ligadas à prática de exercícios físicos e atividades esportivas de forma orientada. Em todas as intervenções serão obedecidas as normas de biossegurança estabelecidas ao referido setor”, diz o documento.

O Conselho Regional de Educação Física também argumenta que o Piauí é um dos únicos estados do Brasil onde bares serão autorizados a reabrir antes das academias. Para o presidente da entidade, Danys Queiroz, o atual cronograma representa uma contradição.

“Nós somos o único estado do Brasil onde colocamos bares à frente das academias. Fizemos esse questionamento ao COE e esperamos que ele consiga mudar o calendário”, destaca o presidente do CREFI.

O documento também foi apresentado ao prefeito de Teresina, Firmino Filho(PSDB), que, de acordo com o CREF-PI, já manifestou apoio à proposta.

Fonte:Natanael Souza e Hérlon Moraes / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais