24.7 C
Piauí
21 de agosto de 2019
Cidades em Foco
Concursos Geral

Concursos: 10 órgãos devem oferecer 2 mil vagas até o fim do ano

O segundo semestre de 2015 reserva boas oportunidades para candidatos que desejam conquistar uma vaga em um concurso público. O número de oportunidades, em seleções confirmadas ou já autorizadas pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) chega a 2.027 vagas, segundo levantamento do G1 (veja a relação no fim desta reportagem).

Os concursos autorizados pelo Ministério do Planejamento têm prazo de seis meses para a publicação do edital, contados a partir da publicação da portaria que permite a realização da seleção. Já empresas públicas, como Correios, Banco do Brasil e Caixa Econômica, não precisam de autorização para promover concursos públicos.

A Lei Orçamentária Anual (LOA) prevê a criação de 27.917 vagas para contratações por concurso público em 2015. A Lei nº 13.115 foi publicada em abril. Os dados são do site do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. O número é maior do que as 24,8 mil vagas previstas no anexo V da proposta do orçamento federal, enviado ao Congresso Nacional em agosto do ano passado.

Levantamento feito pelo G1, em janeiro deste ano, apontou que o número de vagas previstas em órgãos de níveis federal e estadual, além de capitais, em 2015 chegava a 21,6 mil.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aguardam autorização do Ministério do Planejamento para realizar novos concursos.

VEJA CONCURSOS QUE DEVEM PUBLICAR EDITAL ATÉ DEZEMBRO:

1) Advocacia-Geral da União (AGU)
84 vagas para advogado da União da 2ª categoria
Organizadora: Cespe/UnB
Segundo o órgão, edital será divulgado em 14 de julho

2) Aeronáutica
34 vagas para atividades da área industrial do Instituto de Fomento e Cooperação Industrial (IFI):
– 22 para a área de engenharia
– 3 para a área de administração e economia
– 9 para área técnica
Autorizado em 3 de março

3) Agência Nacional de Aviação Civil (Anac)
150 vagas:
– 65 para especialista em regulação de aviação civil (nível superior)
– 25 para analista administrativo (nível superior)
– 45 para técnico em regulação de aviação civil (nível médio)
15 para técnico administrativo (nível médio)
Autorizado em 24 junho; edital deve sair até dezembro deste ano

4) Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP)
34 vagas:
– 14 para técnico em regulação de petróleo e derivados, álcool combustível e gás natural
– 20 para técnico administrativo
Autorizado em 24 junho; edital deve sair até dezembro deste ano

5) Agência Nacional da Saúde Suplementar (ANS)
102 vagas:
– 36 para técnico em regulação de saúde suplementar
– 66 para técnico administrativo
Autorizado em 24 junho; edital deve sair até dezembro deste ano

6) Fundação Nacional do Índio (Funai)
220 vagas:
– 208 para indigenista especializado (nível superior)
– 7 para engenheiro (nível superior)
– 7 para engenheiro agrônomo (nível superior)
Autorizado em 22 de abril; edital deve sair até outubro deste ano

7) Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)
950 vagas:
– 800 para técnico do seguro social (nível médio)
– 150 para analista do seguro social (nível superior)
Autorizado em 29 de junho; edital deve sair até dezembro deste ano

8) Ministério da Educação (MEC)
321 vagas:
– 58 para médico (nível superior)
– 44 para enfermeiro (nível superior)
– 20 para fisioterapeuta (nível superior)
– 7 para psicólogo (nível superior)
– 8 para fonoaudiólogo (nível superior)
– 167 para técnico de enfermagem
– 13 para técnico de laboratório
– 4 para técnico em radiologia
Autorizado em 17 de junho; edital deve sair até dezembro deste ano

9) Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG)
80 vagas para analista de planejamento e orçamento
Organizadora: Esaf
Edital foi publicado em 30 de junho; inscrições serão abertas em 13 de julho

10) Serviço Geológico do Brasil
– 52 vagas para técnico em geociências (hidrologia) (nível médio)
Extrato de dispensa de licitação com a escolha da organizadora foi divulgado em 19 de março

 

Fonte: G1

Notícias relacionadas

Projeto de Lei aprovado na Assembleia traz benefícios a maus gestores do PI

Junior Oliveira

Firmino Filho diz que posse de Júlio Arcoverde na Semel “cimenta” relação com PP

Maciel Sousa

Polícia prende acusado de cometer vários roubos em Patos, Jacobina e Paulistana; Veja!

Junior Oliveira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais