29.7 C
Piauí
21 de abril de 2019
Cidades em Foco
Destaque Geral

Confirmado segundo foco de peste suína no Piauí; 15 animais sacrificados

Confirmado o segundo foco de Peste Suína Clássica (PSC) no Piauí. O caso foi registrado em uma propriedade na cidade de  Lagoa do Piauí, a 38 km de Teresina, vizinha ao local onde também foi detectado o primeiro foco na semana passada. Até o momento,  15 suínos criados de forma extensiva nessa propriedade foram sacrificados. 

A Adapi, através da GEASE (Grupo Especial de Atenção às Enfermidades Emergenciais ou Exóticas) vem informar a confirmação do segundo foco de Peste Suína Clássica (PSC) também no município de Lagoa do Piauí. O segundo foco foi identificado em uma propriedade na mesma região. O laudo positivo foi recebido pelo Gease no fim da tarde da sexta-feira (12)”, informou nota técnica da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Piauí (Adapi). 

O sacríficio dos animais da propriedade onde foram detectados os focos foi realizado seguindo rigorosamente a legislação federal, ou seja, a instrução normativa nº 27, de 20 de abril de 2004,  do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. 

Desde a confirmação do primeiro caso, a Adapi tomou uma série de medidas para erradicar a peste suína no estado. Equipes de fiscais agropecuários do Estado também coletam amostras em regiões próximas ao município de Lagoa do Piauí.

Os sintomas clínicos nos suínos com a doença são febre alta, elevada mortalidade, manchas hemorrágicas, podendo apresentar conjuntivite e diarréia. A orientação é que os criadores procurem a Adapi, caso identifiquem qualquer sintoma da doença que não atinge humanos. 

O gerente de Defesa Sanitária Animal, Idilio Moura, destaca que a Adapi está sendo vigilante e que ainda não há informação de como a doença chegou ao estado. 

“Tivemos a confirmação na sexta e ontem os animais dessa propriedade foram sacrificados para evitar que a doença se espalhe. A Adapi juntamente com o Ministério também estão tentando identificar a origem aqui no Piauí. Continuamos vigilantes”, disse Moura. 

Com a confirmação dos casos, o trânsito intraestadual de suídeos e a aglomeração de porcos em feiras estão proibidas. 

Fonte: Graciane Sousa / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Justiça Eleitoral no PI já recebeu mais de 150 denúncias em aplicativo Pardal

Junior Oliveira

Empresário Araujinho fala sobre futuro na política picoense

Maciel Sousa

Jovem de Campo Alegre do Fidalgo é aprovado no concurso da Polícia Militar

Junior Oliveira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais