27.9 C
Piauí
17 de outubro de 2021
Cidades em Foco
Economia Geral Piauí

Conta de energia segue mais cara após bandeira de escassez hídrica

Energia - Foto: Ascom Equatorial

Desde o mês de setembro, os consumidores passaram a sentir no bolso o aumento na conta de energia, ocasionado pela inclusão da bandeira tarifária escassez hídrica. Na prática, estão sendo cobrados R$14,90, para cada 100 Kw/h consumidos.

A medida é uma forma de driblar as dificuldades enfrentadas na geração e também é adotada no Piauí, que tem registrado crescimento significativo na produção de energias renováveis, como a eólica e a solar.

O gerente de relacionamento da Equatorial no Piauí, Luís Carlos Cardoso, explica que a cobrança é feita porque o sistema elétrico é interligado, ou seja, a energia que é produzida no Piauí não é consumida necessariamente pelos piauienses.

“É importante que a gente perceba que o sistema elétrico nacional é interligado e a composição da geração de energia vem de diversas fontes. A geração eólica e solar tem contribuído muito, e o Piauí é um estado que produz bastante, mas tudo isso vai para o sistema interligado nacional, que é gerido pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico”, explicou.

Fonte: Natanael Souza / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais