33.1 C
Piauí
21 de junho de 2021
Cidades em Foco
Economia Geral Pernambuco em Foco

Contrato milionário de Faustão com Band foi assinado; saiba valor

O contrato que tornará Fausto Silva um talento do Grupo Bandeirantes a partir de 2022 está assinado e sacramentado. O acordo foi selado diretamente entre o apresentador e os donos da emissora, Johnny e Ricardo Saad.

O acordo valerá por cinco anos e dará a Fausto uma participação maior do que a Globo lhe dava nos merchandisings que ele vier a anunciar em seu futuro programa. A estimativa é que só de salário ele ganhe cerca de R$ 1 milhão por mês. Na Globo, ele recebe em torno de R$ 5 milhões mensalmente. Na Band, não é possível cravar um valor fechado, já que a contratação será por esquema de parceria.  Ele e a emissora vão dividir os custos e os lucros do programa. Portanto, se a atração for um sucesso, ele ganha mais, já que terá mais anunciantes.

Em fase de criação, a nova atração contará com o comando de Cris Gomes, que está há 18 anos com Faustão na Globo e dirige o Domingão só até este mês. Ele não renovou contrato nem para permanecer no programa até o fim do ano, prazo previsto para a despedida de Fausto Silva da tela dos Marinhos.

Cris já começará a cuidar do programa na Band a partir de junho, desenvolvendo a atração enquanto Fausto estiver na Globo. Para a Globo, é uma situação absolutamente inédita ter um astro em cena que sabidamente se prepara para trocar de canal.

Fausto Silva também comunicou a direção da Band, há 32 anos, que trocaria a emissora pela Globo com antecedência, então de seis meses.

Mas essa volta agora foi comunicada com prazo ainda maior –oito meses antes do que o contrato vigente– e sob um valor de imagem infinitamente maior do que aquele que ele tinha em 1988.

O alto escalão da Globo vê de forma contrariada, evidentemente, todo esse movimento em torno de alguém que ainda brilha muito na sua vitrine. Faustão manifestou a vontade de deixar a Globo em janeiro, quando lhe propuseram uma mudança de horário em 2022, mas isso foi só uma gota d’água entre outras interferências que a direção vinha tentando fazer no seu território, onde ele sempre gozou de muita autonomia e farto orçamento, até pelo gigantesco retorno nanceiro que propicia à emissora.

Fonte: Meio Norte

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais