29.7 C
Piauí
17 de fevereiro de 2020
Cidades em Foco
Destaque Esportes Geral

Copa do Brasil: River do Piauí elimina o Bahia com gol no fim do jogo

Ampliada às 00h37

A torcida e jogadores do Esporte Clube Bahia não pronunciam, em hipótese alguma, o nome do rival. Até mesmo quando a equipe vence, a equipe fala sobre o “triunfo”. Na noite desta quarta-feira (5), eles tiveram de engolir a vitória do River.

Atual campeão piauiense o River Atlético Clube derrotou o Bahia por 1 a 0, no estádio Albertão, em Teresina (PI), e se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil. O gol de Jean Natal, cobrando falta aos 42 minutos do segundo tempo, eliminou o Bahia na primeira fase do torneio.

Fábio Lima@falafabiolima

O gol de Jean Natal, que garantiu a vitória do River sobre o Bahia por 1 a 0.

Tricolor baiano eliminado. Tricolor piauiense classificado e esperando o depósito na conta.

Vídeo: Djalma Lemos/@riveracoficial

Embedded video

See Fábio Lima’s other Tweets

Pior para o tricolor baiano, que além de amargar a eliminação, terá um clássico pela frente no próximo sábado (8), justamente com o… Vitória, pela Copa do Nordeste. Pelo mesmo torneio, o River enfrentará o América (RN), domingo (9), no Albertão.

O duelo do fim de semana entre River e América (RN) será apenas o primeiro em 2020. O clube potiguar empatou com o São Luiz (RS), fora de casa, e se classificou para enfrentar o time piauiense na segunda fase da Copa do Brasil – que terá partidas disputadas em 19 e 26 de fevereiro e 4 de março.

Veja como foi a cobertura da partida em tempo real

Chuva e tensão
River e Bahia fizeram um jogo duro no Albertão, com domínio do tricolor baiano no primeiro tempo. O time comandado por Roger Machado foi dono das poucas chances de gol na etapa – em uma delas, o goleiro Mondragon fez boa defesa ao espalmar a bola para a linha de fundo.

A forte marcação riverina no meio do campo era superada pelo Bahia com jogadas rápidas pelo lado direito. O River tinha o mesmo setor de seu ataque como melhor alternativa, em jogadas de Érico Júnior – mas, antes do intervalo, a torcida da casa comemorou mias disputas de bola vencida do que chances reais de gol.

No segundo tempo, o técnico Marcelo Vilar, que fez sua estreia no River, trocou os laterais e colocou Romário no ataque, no lugar de Valdo Bacabal. O Galo começou a crescer no jogo, mas ainda esbarrava na defesa do Bahia.

Nos lances de bola parada, o River arriscava cruzamentos para a grande área. A defesa do time visitante afastava o perigo sem muito susto.

Se por cima não dava certo, por baixo, veio o gol. Jean Natal cobrou a falta do lado direito da grande área. A bola quicou antes de chegar ao goleiro Douglas, que não alcançou.

A desvantagem no placar não deu outra alternativa ao Bahia. Com poucos minutos para evitar a eliminação, o tricolor baiano buscou o empate. No último lance, Rossi chutou forte e acertou o travessão do goleiro Mondragon. Segundos depois, a partida foi encerrada. Vitória do River.

Fábio Lima (da Editoria de Esportes) / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais