20.6 C
Piauí
5 de julho de 2020
Cidades em Foco
Destaque Educação Geral

Covid-19: APPM recomenda e 100% dos municípios do PI devem suspender aulas

Foto: Roberta Aline

O presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM), Jonas Moura, afirmou nesta terça-feira (17) que 100% dos municípios do estado devem suspender as aulas por pelo menos 15 dias. A medida é em virtude do novo coronavírus e segue a orientação dada pelo governo do Estado, que já antecipou as férias nas escolas públicas do Estado. Os municipios de Teresina e Altos também já suspenderam aulas, bem como Pio IX, Pedro II, Água Branca e Esperantina.

“Tudo indica que vai ser 100%. Nesta quarta nós vamos pegar todos os decretos publicados. A intenção é antecipar as férias de 15 dias inicialmente”, informou Jonas Moura. O gestor é prefeito do município de Água Branca.

De acordo com a APPM, a orientação é para que todas as cidades suspendam atividades que envolvam aglomeração de pessoas.

“Estamos propondo aos municípios medidas de distanciamento social, como reduzir aglomerações. Acreditamos que isso pode ajudar a diminuir a pulverização ou a contaminação. A Associação está recomendando a todos os municípios a cancelar suas atividades onde possa juntar pessoas. A sociedade inteira vai ajudar nesse sentido”, declarou.

Jonas Moura afirmou que, após reunião com o Estado, ficou estabelecido que os municípios serão atualizados da situação no Piauí sempre às terças e quinta. “Teremos reuniões atualizando os protocolos através de uma rede de comunicação e assim vamos acompanhando a situação”, disse.

A maior preocupação dos municípios em casos de contaminação é com leitos de UTI. “Dentro da estrutura possível, o Estado tem feito a sua parte. Ontem nós tivemos uma reunião onde foram determinadas algumas ações em cada região. Todos sabem que nós temos uma dificuldade com leitos de UTI, que preocupa”, declarou.

Ontem, o secretário de saúde, Florentino Neto, afirmou que o Estado possui 250 leitos de UTIs e que está pleiteando novas unidades junto ao Ministério da Saúde, que vai disponibilizar 2.000 novos leitos nacionalmente.

“Nós estamos com nossos hospitais preparados com nossas equipes a postos. Estamos adquirindo novos equipamentos, novos respiradores. Enviamos pedidos de mais EPIs, de parte de leitos alugados para Teresina e para o interior e se houver necessidade, podemos convocar novos profissionais”, revelou o secretário.

Fonte: Hérlon Moraes / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais