23.1 C
Piauí
30 de março de 2020
Cidades em Foco
Economia Geral Internacional

Covid-19 não afeta agronegócios no PI e se fala em ‘safra recorde’ em 2020

Apesar da crise mundial, que já afeta a rotina dos piauienses se fala em crescente nos números de colheita da soja em 2020. “Estamos em meio a colheita à previsão é de uma safra recorde para o Piauí devemos ultrapassar mais uma vez as safras anteriores e não podemos deixar de trabalhar, não podemos tirar isso do campo para não deixar as cidades desabastecidas”, disse Alzir Neto presidente da Aprosoja do Piauí. O presidente da Aprosoja Piauí frisa que com essa logística não deverá faltar alimento nas prateleiras dos supermercados, mas que internamente os cuidados com os funcionários estão redobrados. “Com essa preocupação com as pessoas, mas também de não poder deixar faltar o alimento no supermercado e nas mesas das famílias continuamos nosso trabalho com bastante cautela. Fechamos as porteiras, recomendamos aos funcionários a higiene pessoal e não compartilhamento de objetos pessoas e uma série de medidas importantes para vencermos essa luta”, acrescentou Alzir Neto. Por: Pâmella Maranhão

O impacto total da pandemia do coronavírus só poderá ser numerada daqui alguns meses ao final da crise, mas sabemos que direta ou indiretamente muitos setores estão sendo afetados. No Piauí, os responsáveis pelo agronegócios explicam que a crise vem sendo monitorada de perto e que diversas medidas foram tomadas, com o objetivo de garantir que os produtores continuem produzindo e por consequência que a população permaneça sendo abastecida com alimentos.

Apesar da crise mundial, que já afeta a rotina dos piauienses se fala em crescente nos números de colheita da soja em 2020. “Estamos em meio a colheita à previsão é de uma safra recorde para o Piauí devemos ultrapassar mais uma vez as safras anteriores e não podemos deixar de trabalhar, não podemos tirar isso do campo para não deixar as cidades desabastecidas”, disse Alzir Neto presidente da Aprosoja do Piauí.

O presidente da Aprosoja Piauí frisa que com essa logística não deverá faltar alimento nas prateleiras dos supermercados, mas que internamente os cuidados com os funcionários estão redobrados.

“Com essa preocupação com as pessoas, mas também de não poder deixar faltar o alimento no supermercado e nas mesas das famílias continuamos nosso trabalho com bastante cautela. Fechamos as porteiras, recomendamos aos funcionários a higiene pessoal e não compartilhamento de objetos pessoas e uma série de medidas importantes para vencermos essa luta”, acrescentou Alzir Neto.

Por: Pâmella Maranhão

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais