22.9 C
Piauí
29 de maio de 2020
Cidades em Foco
Geral Polícia

Cuidador é preso acusado de estuprar adolescente com paralisia cerebral dentro de escola no Piauí

Delegacia de Proteção A Criança e ao Adolescente (DPCA) em Teresina — Foto: Lucas Marreiros / G1

Um cuidador foi preso, nesta quinta-feira (26), acusado de estuprar uma adolescente, de 13 anos, com paralisia cerebral dentro de uma escola na Zona Norte de Teresina. De acordo com a Polícia Civil do Piauí (PC-PI), o homem, que era estudante de um curso de técnico em enfermagem, era estágio na unidade educacional e atuava como cuidador da vítima.

“Ele aproveitou-se dessa função para abusar e estuprar a menor. Ele retirava a vítima da sala de aula e levava para outro local do colégio, onde acontecia a violência, sob o pretexto de realizar alguns cuidados”, informou o delegado geral da PC-PI, Luccy Keiko.

O cuidador foi indicado pelo crime de estupro de vulnerável e foi preso em cumprimento a um mandado de prisão. “A garota descreveu as características desse indivíduo e, juntamente com outras provas, a Delegacia de Proteção à Criança e o Adolescente (DPCA) representou pela prisão”, disse o delegado.

Durante a investigação, a polícia também colheu depoimentos e laudo pericial que comprovou o abuso que a adolescente sofreu. “Um crime grave que foi solucionado. O acusado está preso e a disposição da Justiça”, declarou Luccy Keiko.

Fonte: G1-PI

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais