25.2 C
Piauí
4 de outubro de 2022
Cidades em Foco
GeralPolítica

Debate entre coronel Diego e Lourdes Melo é marcado por ‘troca de farpas’ entre candidatos

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

Os candidatos Diego Melo (PL) e Lourdes Melo (PCO) protagonizaram um dos embates mais calorosos e de troca de farpas durante o debate da TV Cidade Verde nesta terça-feira (16) com todos os nove postulantes ao Governo do Piauí.

Ao questionar as propostas para a segurança pública estadual, Lourdes Melo fez fortes acusações contra o seu adversário e o acusou de reproduzir o mesmo discurso do presidente Jair Bolsonaro (PL).

“O que a polícia faz é ameaçar uma população que passa fome, não tem moradia e é uma juventude que sofre. O que você tem que fazer diante da situação de sofrimento e vem apontar mais violência para a população?”, disparou a candidata.

Policial militar há 25 anos, Diego Melo rebateu as declarações da candidata do PCO. Segundo ele, as falhas nas segurança pública são fruto do que classificou como “massacre” da atual gestão às forças de segurança do estado.

“Eu governador vou defender a família, defender o cidadão de bem, vou defender cada lar, cada casa, cada bairro, para resgatar a paz e a tranquilidade no nosso estado, que é isso que o povo do Piauí deseja e merece”, enfatizou o coronel. 

Em meio a tensão, apoiadores dos dois candidatos que estavam na plateia descumpriram as regras do debate e o apresentador Joelson Giordani precisou interferir para o prosseguimento do bloco. Lourdes Melo reiterou as acusações.

“Você viu diferença na fala dele e do Bolsonaro? Ele ameaça o tempo todo, é um bolsonarista em primeiro lugar e fala em nome de Deus. Na verdade o que a polícia tem feito com nossa juventude, que está marginalizada e sem emprego, com a educação deficitária, não tem nada a propor. Propomos que esses candidatos que vem pregar mais violência para a população sejam considerados violentos, armados e matadores de jovens, que acoberta a impunidade contra as mulheres”, continuou.

Por sua vez, Diego Melo voltou a rechaçar Lourdes Melo e encerrou a discussão reafirmando o seu posicionamento sobre o tema. 

 “Foi no governo do presidente Bolsonaro onde mais se reduziu a criminalidade em todo o Brasil. 20 mil vidas estão sendo salvas todos os anos graças a Deus. [É o presidente que tem resgatado a juventude da s mãos da criminalidade, foi o presidente  que mais mandou recursos para a segurança pública do estado do Piauí”, concluiu o candidato.

Assista

Breno Moreno
redacao@cidadeverde.com

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais