20 C
Piauí
13 de agosto de 2020
Cidades em Foco
Geral Polícia

Detento foge após soldar portão principal de penitenciária no Piauí

As soldas estão visíveis nas roldanas e no portão menor, por meio delas, o principal acesso da Casa de Custódia, em Teresina, foi lacrado, deixando presos policiais penais, militares e diretores da Penitenciária José Ribamar Leite.

O autor da façanha, o detento Francilio Lima Teles, tinha recebido a missão de fazer um reparo no portão com uma máquina de solda e aproveitou a oportunidade para fugir do local.

Francilio Lima Teles era considerado um excelente  profissional, do tipo que faz tudo, inclusive ajudou na reforma dos pavilhões da penitenciária. O preso que trabalha tem, normalmente, mais liberdade do que os outros que não fazem nenhuma atividade dentro da unidade.  No entanto, Francilio já tinha histórico de fuga.

Deixado do lado de fora da penitenciária, sem algemas e sem supervisão, com o portão isolado,  Francilio foi embora e levou algumas ferramentas para trabalhar.

Francilio foi preso por violência doméstica; ele já fugiu dos presídios de Esperantina, Parnaíba, da Major Cesar de Oliveira  e  agora, na ação mais ousada, escapou da Casa de Custódia, que é considerada um dos presídios mais seguros do estado.

O fato ocorreu na terça-feira (30), mas só ganhou repercussão até o caso chegar na imprensa na quinta (02).

Fontes revelaram à equipe do Jornal do Piauí que houve mais fugas nos últimos três meses, mas que não se tornaram públicas.

NOTA

A Secretaria de Estado da Justiça informa que o preso Francilio Lima Teles fugiu no último dia 30 de junho, por volta das 16h, da Penitenciária Prof. José Ribamar Leite. O preso estava fazendo um serviço de soldagem em um portão lateral da unidade e aproveitou o descuido do servidor para empreender fuga. A Sejus abriu procedimento para investigar a causa da fuga.

Fonte: Carlienne Carpaso / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais