22.7 C
Piauí
24 de maio de 2019
Cidades em Foco
Economia Geral

Distribuidoras que não baixarem preço do diesel na sexta serão multadas

O Procon (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor) do Piauí irá fazer uma recomendação às distribuidoras de combustível até sexta-feira (15) para cumprimento imediato da redução e aplicação dos preços nas bombas.

Caso as empresas não cumpram, serão autuadas com multa que pode chegar a R$ 9,5 milhões, segundo o chefe de fiscalização do Procon, Nivaldo Arêa Leão.

A decisão foi tomada após reunião com donos de postos e distribuidoras nesta quarta-feira (13) na sede do Procon.

“Na sexta feira o Dr. Nivaldo fará a recomendação e as distribuidoras terão que cumprir de imediato, porque já era pra estar sendo cumprido desde o dia 01 de junho. Apenas uma distribuidora estava repassando a redução normal, as outras 5 não estavam. Caso as distribuidoras não cumpram a recomendação, serão autuadas e multadas no valor estipulado pela Justiça, em R$ 9 milhões e meio”, disse o chefe de fiscalização do Procon, Arimatea Arêa Leão.

Os donos de postos levaram notas fiscais para justificar a não redução no preço do diesel e se dizem pressionados pela população devido a não redução do valor do combustível nas distribuidoras. O preço médio de redução até o momento foi de 30 centavos no preço do diesel.

“As penalidade são tão altas que alguns postos estão vendendo o produto mais barato do que compraram, ou seja, estão bancando uma situação que não é deles, mas por medo. Os postos estão sendo achacados, a população reclama pois a ponta mais visível da cadeia do combustível é o posto. Então o posto é que é mais cobrado e onde mais é pra população atuar, que é pedir a redução do imposto, isso não está acontecendo”, disse o presidente do Sindicato dos Donos de Postos, Alexandre Cavalcante.

O presidente alega ainda que caso as distribuidoras façam a redução no repasse aos postos, a redução só chegará a 41 centavos, uma vez que os impostos estaduais em cima dos combustíveis não foi alterado.

“O desconto não é de 46 centavos para o Piauí, o desconto é para os estados aonde os governos estaduais abriram mão por parte de sua receita e diminuíram a pauta de seus estados. No Piauí não houve isso, então aqui quando o desconto chegar a sua totalidade o desconto será de 41 centavos e não 46”, afirma Alexandre.

O Piauí tem 1.100 postos de combustíveis, 220 só em Teresina.

Fonte: Rodrigo Antunes / CidadeVerde

Notícias relacionadas

COMBUSTÍVEL DE QUALIDADE: Posto Magno conta com Pousada e Restaurante em Paulistana; Confira!

Junior Oliveira

Em votação secreta, vereadores mudam voto e mantêm veto do prefeito em Simplicio Mendes

Maciel Sousa

Padre Walmir Lima anuncia lista do secretariado; Veja nomes!

Junior Oliveira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais