24.8 C
Piauí
6 de dezembro de 2022
Cidades em Foco
GeralPolícia

Dupla é condenada a 57 anos por morte de homem que tentou chamar polícia após assaltos

Foto reprodução!

O juiz Francisco das Chagas Ferreira, da 4ª Vara Criminal de Teresina, condenou a um total de 57 anos uma dupla acusada por realizar uma série de assaltos e pela morte de João Marcos da Rocha, de 27 anos, que tentou pedir ajudar da polícia no dia 20 de novembro de 2020 em Teresina.

O crime ocorreu no bairro Porto Alegre, na zona Sul de Teresina. Segunda a denúncia, Antônio Cunha da Silva e Antônio de Oliveira Cardoso, por volta das 13h25, portando uma arma de fogo, iniciaram uma série de assaltos. A primeira vítima foi abordada em uma rua, teve um celular roubado e eles exigiram que ela deitasse no chão.

Depois seguiram para o estabelecimento ao lado, um bar, onde roubaram mais três pessoas. Ao fugirem levaram a motocicleta de uma das vítimas. Logo depois João Marcos foi até o local e ao saber do assalto, chamou um dos amigos assaltado para ir atrás dos suspeitos e tentar recuperar a motocicleta.

A dupla que realizou assalto acabou tendo um problema na motocicleta que havia roubado, pois tinha um sistema de segurança que foi acionado e bloqueou o veículo, por isso eles decidiram abordar mais duas vítimas para pegar outra moto.

Foi nessa abordagem que João Marcos e o amigo encontraram os suspeitos e começaram a gritar por ajuda da polícia, pois a sede do 17º Batalhão de Polícia Militar ficava próximo ao local.
Antônio da Cunha então teria efetuado disparos no carro onde estava João Marcos, que foi atingido, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Na ação, Antônio da Cunha negou participação no crime, mas foi reconhecido pelas testemunhas. “Conforme o depoimento seguro e coeso das vítimas e testemunha acima mencionadas, as quais relataram, que enquanto Antônio Cunha da Silva perpetrava as ameaças, Antônio de Oliveira Cardoso recolhia os bens, entendo que havia uma divisão de tarefas em que ambos os autores da empreitada criminosa teriam o controle finalístico sobre o resultado”, afirmou o juiz na decisão.

Antônio Cunha da Silva foi condenado a 42 anos de prisão por 5 assaltos e também pelo assassinato de João Marcos. Já Antônio de Oliveira Cardoso foi condenado a 15 anos pelos assaltos. Totalizando então uma condenação de 57 anos para a dupla.

Fonte: Bárbara Rodrigues / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais