35.4 C
Piauí
3 de dezembro de 2021
Cidades em Foco
Geral Política

Elmano Ferrer descarta Ciro Nogueira candidato e diz que foco é articulação de Bolsonaro

Senador Elmano Ferrer (Progressistas) - Foto: Cidades em Foco

O senador Elmano Ferrer (Progressistas) não acredita que ainda exista a possibilidade de que o ministro chefe da Casa Civil Ciro Nogueira (Progressistas) ainda possa ser o nome colocado pela oposição no Piauí para disputar o governo do estado. A declaração foi dada nesta terça-feira (26) durante o anúncio da retomada das obras do viaduto do Mercado do Peixe.

Para o senador, a impossibilidade perpassa o papel que Ciro Nogueira desempenhará na articulação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com os estados, inclusive, durante as eleições de 2022.

Segundo ele, a atuação de Ciro será fundamental principalmente no Nordeste onde se estabeleceu uma frente de governadores que batem de frente com posicionamentos de Bolsonaro.

“O Ciro é um grande nome, mas hoje ele ocupa um dos ministérios estratégico que é a articulação do governo nos estados. Eu creio que é um nome, mas o Ciro tem uma importância muito grande no processo atual, com vista as eleições de 2022, não só no estado Piauí, mas no estado Nordeste que temos uma frente de governadores contra o presidente da República, que foi caracterizado nessa podemos. […] o Ciro tem um papel fundamental”, disse.

Margarete Coelho ou Iracema Portella

Acerca de pesquisas internas que vem mostrando o crescimento do nome da deputada federal Margarete Coelho (Progressistas) como um nome viável para o governo do estado, Elmano avaliou que o partido seguirá o que os levantamentos apontarem.

Porém, relembrou que os dois nomes postos são de Silvio Mendes (PSDB) e Iracema Portella (Progressistas).

“Estamos em um momento pré-eleitoral e sempre o ministro Ciro tem falado em pesquisas, que é a ressonância coletiva dos pré-candidatos postos. O partido tem dois nomes importantes e creio que com o processo… as convenções são em junho, e temos que ter esse candidato até o mês de janeiro”, pontuou.

Filiação de Bolsonaro

Elmano Ferrer pontuou também ainda acreditar na possibilidade da filiação de Bolsonaro no Progressistas. Até o momento, já é dada como certa a migração do presidente para o PL. Elmano Ferrer frisou que Bolsonaro tem um papel importante frente a pandemia de Covid e ressaltou que seria bem-vindo ao partido.

“É preciso que reflitamos sobre o papel do presidente Bolsonaro no atual momento que vive o Brasil e mundo em decorrência dessa pandemia, sobretudo uma mudança estratégica no desenvolvimento, e somos um país que se sobressai em riquezas”, disse.

Retomada das obras 

Ao anunciar a retomada da obra, Elmano Ferrer pediu desculpas a população pela paralisação. Segundo o senador, o prazo para a conclusão agora é de 90 dias e a inauguração poderá contar com a presença do presidente.

Ele fez questão de destacar que existem recursos para dar prosseguimento a empreitada, mas que o processo havia paralisado devido a um problema com a empresa que a executava.

“A empresa que assinou o contrato teve problemas em decorrência da pandemia e outros problemas […] por determinação do presidente se estabeleceu que se encontrasse outra opção. As obras retomaram na sexta-feira e tem o prazo de 90 dias. Tenho que pedir desculpas para a população por todo esse incômodo, sobretudo da região Sudeste e no entorno, mas quero adiantar que recursos não faltaram”, explicou.

Fonte: Paula Sampaio / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais