Em campanha, caravana de Wellington Dias visita Patos e Jacobina do Piauí. Veja fotos!

Nos seis municípios visitados nessa sexta e sábado, 08 e 09 de setembro, a caravana do time do povo foi acolhida com carinho e a confirmação de apoio. Prefeitos, vereadores, lideranças locais e populares foram às ruas e mostraram que querem a continuação do projeto que está em execução no Piauí pelo governador e candidato à reeleição, Wellington Dias.

CLIQUE AQUI E VEJA FOTOS DA VISITA DO GOVERNADOR EM PATOS E JACOBINA DO PI.

Bocaina, Jaicós, Patos do Piauí, Jacobina, Paulistana e Santo Antônio de Lisboa foram os municípios percorridos nesses dois dias. Todos no semiárido piauiense e contemplados com ações do atual governo, com destaque para o Programa Viva o semiárido, através de nove associações, que está investindo cerca de R$ 2 milhões gerando emprego e renda.

A melhoria da qualidade de vida com a chegada de asfalto, calçamento, atendimento em saúde através das UPPs e saneamento básico também são lembradas. “Só temos que agradecer esse grande cidadão que é o governador do estado do Piauí”, declarou o prefeito de Santo Antônio de Lisboa, Wellington Carlos. “Sabemos que hoje Wellington é a pessoa mais competente para estar a frente do nosso estado. Conhece a nossa realidade e tem nos ajudado. Tem experiência e sabe como fazer as coisas acontecerem”, frisou o prefeito de Jacobina, Gederlânio Rodrigues de Oliveira, o GD.

Os avanços na área da educação também são citados por onde o time do povo passa. “Vivenciamos uma revolução na educação e na qualidade de vida desde 2002. Nosso povo, que antes passava fome, hoje tem dignidade, tem direto a estudo e a comida. No Governo Federal, tivemos acesso à universidade. Sou fruto da expansão do acesso à universidade”, observou Alexandre Ramos, mestrando.

Wellington Dias não escondeu o entusiasmo da passagem pelos municípios. Anunciou a retomada da Ferrovia Transnordestina, uma obra importantíssima ligando Eliseu Martins passando por Jacobina, Paulistana rumo ao Ceará, além da execução de obras de calçamento e asfalto. “Por onde a gente passa é o povo dizendo que compreende a importância desse projeto de Piauí e desse projeto de Brasil. Se Deus quiser teremos uma importante vitória”, afirmou.

Wellington tem o perfil do homem do campo

Dar continuidade ao projeto de desenvolvimento sustentável rural é o maior desejo de Betinha Leal, trabalhadora rural de Jacobina, do assentamento Terra Prometida e atual presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município. É por isso que ela reafirma o seu apoio ao candidato a governador da coligação “A vitória com a força do povo”, Wellington Dias.

Na recepção à caravana do povo em Jacobina nesse sábado, Betinha destacou o trabalhado realizado governo de Wellington Dias com políticas públicas para os agricultores. “Hoje, no nosso município, temos assentamentos. Pessoas que não tinham direito à terra agora tem. Desejamos que esse projeto de desenvolvimento sustentável rural continue no nosso estado”, declarou Betinha.

Chico Abreu, secretário de agricultura de Jacobina, destaca o apoio dado pelo atual governo ao homem do campo. “Esse governo priorizou as associações. Fomos contemplados agora com oito projetos do Viva o Semiárido. Temos também o PAA (programa de aquisição de alimentos), acesso ao financiamento rural e acesso a projetos que trazem melhorias às comunidades. Apoiamos com entusiasmo Wellington Dias porque ele é o único que tem o perfil do homem do campo, conhece bem a nossa realidade”, observou.

Para o agricultor Afonso Galvão, Wellington é o melhor governador do Piauí. “Mesmo em tempo de crise ele soube conduzir com responsabilidade o nosso estado, conseguindo que todos os setores continuassem funcionando, principalmente o setor primário. Não é a toa que ele está terminando o terceiro mandato com possibilidade de ser reeleito”, comentou entusiasmado e refirmando o seu apoio.

Joaquim Neto, professor de Patos do Piauí, destaca a competência de Wellington Dias. “Wellington tem feito muito por Patos. Cito a Barragem de Poço Marruás levando projeto de cinco adutoras para a sociedade do semiárido do Piauí, quase 20 mil metros de calçamento e Universidade Aberta. Temos que ter muita gratidão”, recomendou.

Texto: Ascom