24.9 C
Piauí
23 de setembro de 2021
Cidades em Foco
Caridade do Piauí Geral

Em Conferência, população discute ações para Assistência Social de Caridade do Piauí

Com tema “Assistência Social: Direito do Povo e Dever do Estado, com financiamento público, para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social”, a Prefeitura de Caridade do Piauí, por meio do Conselho Municipal de Assistência Social e Secretaria Municipal de Assistência Social realizaram, nesta sexta-feira, 10 de setembro, a 13ª Conferência Municipal de Assistência Social, com participação da sociedade civil organizada e autoridades do município.

O evento foi realizado na Creche Municipal Constâncio Bento e seguiu todos os protocolos de segurança e orientações dos Órgãos de Saúde para prevenção da Covid-19. A conferência é de suma importância para propor novas diretrizes de modo a consolidar e ampliar direitos, debater sobre a avaliação de Políticas de Assistência Social e fortalecer a participação social de todos os segmentos.

O presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Renato Paiva, destacou que o objetivo principal da Conferência é discutir e elaborar propostas que visam o melhor funcionamento do Sistema de Assistência Social, sendo essas propostas elaboradas e discutidas pelos participantes. Além de votadas e aprovadas por todos os presentes na Conferência.

“Buscar também, abranger o serviço de Assistência Social no nosso município, com isso, a participação da população que tem um papel muito importante dentro de todo o sistema de Assistência Social – SUAS. E claro, as conferências são feitas para que cheguem até a sociedade, conhecimentos que eles não tem e sempre no intuito de ajudar, ou seja, deixar claro tudo aquilo que devem saber”, pontua Renato Paiva.

O Secretário de Assistência Social, Leocádio Alves, relatou que é a primeira vez que faz parte de uma Conferência como Secretário. Ele agradeceu a todos os caridadenses e a Deus pela oportunidade de estar realizando esses eventos, mesmo com poucas pessoas devido a pandemia do coronavírus.

“Estou feliz por ver a participação da população, para saber mais de perto como o nosso trabalho acontece, e já, deixar o meu agradecimento também a todo o pessoal da assistência social, que é uma turma muito esforçada e que tenho orgulho de trabalhar junto. Essa conferência é muito importante para todos nós da assistência e para toda a população, espero que façamos um bom proveito de tudo que foi passado e tenhamos bons resultados”, finaliza Leocádio Alves.

O cerimonialista Valdey Silva explica que o espaço da conferência foi em um local arejado e acessível para cumprir os protocolos de segurança da Vigilância Sanitária, assim como também seguir as Orientações do CNAS e do CEAS. “Diante da Situação que temos vivenciado com a política de Assistência social, que classificamos com momento de fragilidade da política, a conferência é uma instância muito importante para a formulação de propostas que possa fortalecer está política. O evento foi muito positivo, bem participativo”, pontua Valdey Silva.

Após a explanação do conferencista, os participantes foram divididos em grupos de trabalho para a partir dos eixos norteadores, discutirem a sua realidade atual e as perspectivas. Cada grupo elaborou propostas para a implementação das políticas públicas de assistência social a nível municipal, estadual e nacional. As proposições de cada grupo foram apresentadas na plenária final e aprovadas. Ao final, também foram eleitos os delegados titulares e suplentes que irão representar o município na Conferência Estadual, que acontecerá em Teresina.

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais