33.6 C
Piauí
31 de outubro de 2020
Cidades em Foco
Geral Queimada Nova

Serginho Amorim emite direito de resposta sobre matéria de paralisação de obras em Queimada Nova

Candidato a prefeito de Queimada Nova - Serginho Amorim - Foto reprodução

Após reprodução de uma matéria intitulada de “Oposição consegue paralisar inicio de obras importantes em Queimada“, o candidato a prefeito pela oposição, Serginho Amorim, que foi citado na matéria, solicitou o direito de resposta ao portal Cidades em Foco e a solicitação foi prontamente atendida. 

Em nota enviada ao portal, o candidato Serginho Amorim esclarece informações e apresenta a sua versão dos fatos sobre a matéria veiculada nesta sexta-feira, 16, onde membros do grupo de situação acusa a oposição de barrar importantes obras em Queimada Nova. 

VEJA A VERSÃO DE SERGINHO AMORIM NA ÍNTEGRA!

Podemos perceber o quanto a política pode ser usada sem responsabilidade com as pessoas quando, além da apropriação irregular de terra, ainda tentam nos jogar contra a população. O caso pode ser resumido da seguinte forma: é como se você estivesse em sua própria casa, e a prefeitura conseguisse tomar ela sem a sua permissão e ainda lhe colocassem como culpado.

O CASO:

Desde que a atual gestão assumiu a prefeitura de Queimada Nova, ela vem tentando tomar uma área de 2,3088 hectares localizada na comunidade malhadas pertencente a Mariano Dias Amorim (falecido) e Maria Nilda Amorim. Essa área foi adquirida através de compra, registrada e escriturada em Cartório em 17 de Dezembro 1970, conforme irei anexar os documentos citados.

Certidão de Compra da propriedade datada de 17 de maio de 1993.

Venho aqui expor a nossa indignação com essa perseguição política e com a covardia a qual estamos sendo vítimas. Quando sem a mínima necessidade a prefeitura tenta se apropriar de uma área particular de grande valor financeiro adquirida através de compra há 50 anos atrás por meu pai Mariano Dias Amorim, sendo que existe uma área pública pertencente a prefeitura, em frente a essa mesma área de 18 hectares, separada apenas por uma pista.

Ficando claro a perseguição e o abuso de poder. O que população precisa saber, é que esse mesmo gestor que tenta tomar terrenos particulares, cedeu 2 (duas) grandes áreas para empresas privadas, descumprindo a Lei Municipal de doação de terrenos, que determina que áreas acima de 400m² precisam passar pela Câmara de Vereadores, sendo que isto não aconteceu.

Queimada Nova conhece e sabe que desde meu pai temos contribuído e muito para o desenvolvimento da nossa cidade e jamais seremos contra qualquer projeto que venha beneficiar nosso povo, estamos apenas defendendo o que é nosso. Um bem adquirido por compra, registrado juridicamente e com todos os impostos quitados.   

A justiça só veio confirmar nosso direito como proprietários. Agradeço o espaço para este esclarecimento e estou sempre à disposição do povo se Queimada Nova. Nossa proposta é construir uma cidade que não precise dessa picuinha rasa e criminosa.

Serginho Amorim

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais