20.5 C
Piauí
19 de novembro de 2019
Cidades em Foco
Esportes Geral

Em estreia na Libertadores, Cruzeiro vence Huracán com gol de Rodriguinho

O Cruzeiro venceu o Huracán, por 1 a 0, na noite desta quinta (7), pela primeira rodada do grupo B da Copa Libertadores. Rodriguinho fez o único gol da partida ocorrida no estádio El Palacio, em Buenos Aires, na Argentina.

Com o resultado, o time mineiro ocupa a primeira colocação da chave, com três pontos. No entanto, os outros times do grupo -Deportivo Lara e Emelec- entram em campo ainda nesta quinta, às 23h (de Brasília).

Os comandados de Mano Menezes voltam a campo no domingo (10), contra o Tombense, pelo Campeonato Mineiro. O novo confronto da Libertadores será na próxima quarta-feira (13), às 19h15 (de Brasília), contra o Deportivo Lara. Os dois jogos seguintes ocorrem no Mineirão.

O MELHOR: RODRIGUINHO
Rodriguinho foi a principal contratação do Cruzeiro para 2019. O meia-atacante de 30 anos tem feito jus ao rótulo e se destacado no time comandado por Mano Menezes. No jogo de hoje, ele novamente brilhou em campo e balançou a rede do time adversário na estreia pela Copa Libertadores da América. É o terceiro gol do atleta em cinco jogos pelo clube mineiro.

O PIOR: RAFINHA
Escalado como ponta esquerda, Rafinha não fez uma partida tão convincente na Argentina. O camisa 7 encontrou dificuldades na criação de jogadas e também para dar alicerce a Egídio na marcação. No segundo tempo, o técnico Mano Menezes precisou colocar em campo Ariel Cabral para ajudar nas investidas de Chimino, lateral direito do time adversário.

ROBINHO SE TORNA MELHOR GARÇOM DO TIME NA TEMPORADA
Robinho é indiscutivelmente um dos garçons do Cruzeiro nos últimos anos. O meio-campista cria boas chances para que os colegas finalizem e ganhou o apelido de maestro nos últimos anos. No jogo desta noite, ele voltou a brilhar desta forma e deu passe para Rodriguinho marcar. Ele é quem mais deu passes no ano, com dois, para os companheiros.

IRRIGAÇÃO É ACIONADA DURANTE A PARTIDA
Por volta de 30 minutos do segundo tempo, um fato inusitado chamou a atenção de quem foi ao estádio El Palacio para assistir à estreia de Huracán e Cruzeiro na Copa Libertadores da América. A irrigação do gramado, já castigado pela chuva que assolou, foi ligada e assustou até os próprios jogadores.

O árbitro peruano Diego Haro teve que paralisar o confronto por alguns minutos.

HURACÁN ABUSA DE CRUZAMENTOS
O Huracán abusou dos cruzamentos na partida ocorrida na noite de hoje. Com mais posse de bola, o mandante tentou chegar ao ataque pelos lados do campo com os laterais Alderete e Chimino. A dupla levantou muitas bolas na área e obrigou o técnico Mano Menezes e a colocar mais um zagueiro em campo. Fabrício Bruno entrou na vaga de Rodriguinho para melhorar a marcação nas bolas aéreas.

MANO É EXPULSO
Mano Menezes foi expulso pelo comportamento às margens do gramado instantes antes da substituição de Rafinha por Marquinhos Gabriel. O treinador pediu à arbitragem para autorizar a entrada do atleta. No entanto, a troca foi permitida somente depois do lance. O fato causou irritação no técnico, que foi à loucura no gramado. Insatisfeito com a postura, o árbitro optou pela expulsão do treinador.

HURACÁN TEM GOL INVALIDADO
O Huracán teve um gol anulado nos minutos finais da partida. Chimino cobrou falta na grande área, e Lucas Barrios desviou de cabeça. Na sequência, Andrés Chávez estufou a rede de Fábio, mas a arbitragem o flagrou em posição irregular.

HURACÁN
Silva; Chimino, Salcedo, Mancinelli e Alderete; Damonte (Patricio Toranzo), Rossi, Auzqui (Javier Mendoza) e Roa (Andrés Chávez); Gamba e Barrios.
T.: Antonio Mohamed
CRUZEIRO
Fábio; Edilson, Léo, Murilo e Egídio; Henrique, Lucas Romero (Ariel Cabral), Robinho e Rodriguinho (Fabrício Bruno); Rafinha (Marquinhos Gabriel) e Fred.
T.: Mano Menezes
Estádio: El Palacio, em Buenos Aires (ARG)
Árbitro: Diego Haro (PER)
Assistentes: Jonny Bossio (PER) e Jesús Sánchez (PER)
Cartão amarelo: Roa, Chimino, Gamba (HUR); Rafinha, Lucas Romero, Murilo, Léo, Fred, Egídio (CRU)
Gol: Rodriguinho, aos 30min do 1º tempo

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais