Emoção marca missa de sétimo dia em memória de Xixico em Jacobina do Piauí

Muita emoção marcou missa de sétimo dia de Francisco Manoel da Silva, conhecido como Xixico, de 54 anos. Ele foi cruelmente assassinado com um golpe de faca, em um churrasco da virada do ano de 2017 para 2018, na zona rural do município de Jacobina do Piauí.

Amigos e familiares prestaram homenagens à Xixico neste domingo (07), durante cerimônia que iniciou às 16:00h, em sua residência, no Barro Branco – comunidade da zona rural de Jacobina. A celebração foi realizada pelo Padre Edvaldo dos Santos.

Durante a cerimônia, Neide esposa do professor Tita, leu uma carta emocionante escrita pelo professor em homenagem à Xixico.

Carta de despedida a um eterno amigo 

Hoje tenho que fazer o mais difícil, falar de alguém que gosto muito que morreu violentamente sem que ninguém pudesse se despedir.

Recebi a noticia da morte do meu amigo por volta das 2h30min da madrugada da segunda feira, 01 de janeiro de 2018. Fiquei sem chão, minhas pernas tremiam, meu coração disparou, senti ânsia de vômito, e fiquei paralisado, foi como se o mundo tivesse parado por alguns instantes.

No segundo momento comecei a lembrar dos momentos que passamos juntos, eu podia ouvir sua voz dizendo: Seu Tita.

No terceiro momento chorei muito, muito mesmo.

No quarto momento me revoltei com a vida, comecei a pensar em como a vida é sem sentido, não entendia porque alguém tão novo, uma pessoa boa, alegre, solidária. Meu amigo por quê??.

No quinto memento comecei a pensar na família dele, esposa, filhos, mãe, irmãos, come devem estar sofrendo.

No sexto momento comecei a rezar por ele, pedir por a sua alma e que Deus desse força para sua família.

Hoje faz sete dias sem você, ainda estou mau, não consigo esquecer nem se quer um segundo da maldade que fizeram com você meu amigo.

Mas ter que dizer-lhe adeus foi muito difícil, foi um dos momentos mais terríveis da minha vida. Meu coração se quebrou em mil pedaços e ainda hoje tento juntá-los.

Mas com o tempo a revolta e a tristeza se transformaram em uma saudade serena. Hoje me lembro de você recebendo eu e minha família aqui  na sua casa com tanta satisfação, como também recebia você láem casa com prazer e alegria, divertíamos bastante juntos. Meu amigo XIXICO você fez parte de minha vida como se fosse um irmão, mais quem realmente amamos jamais morre e assim sua memória viverá sempre através de mim e da minha eterna saudade que vai ficar guardada para sempre no meu coração, obrigado por ter podido fazer parte da sua vida.
que Deus te conceda um bom lugar.

Seu amigo Tita.

 

Fonte: PortalChicoPedrosa

Compartilhar:

Por: Júnior Oliveira

Diretor Geral