31.8 C
Piauí
7 de julho de 2022
Cidades em Foco
Geral Saúde

Enfermeiros promovem manifestação no centro de Picos

As enfermeiras e enfermeiros trocaram os jalecos brancos pelas blusas e camisetas pretas e promoveram uma manifestação no centro comercial de Picos na manhã desta terça-feira, 10. O objetivo do protesto, que contou com a participação de profissionais e acadêmicos da área, foi protestar contra uma liminar conseguida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) que limita as ações das equipes de enfermagem, especialmente nos setores onde acontece a atenção básica, ou seja, os postos de saúde.

O conselheiro do Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (COREN), Nero Francisco, informou que a liminar do CFM impede os enfermeiros de realizem ações como solicitar e realizar alguns tipos de exames básicos, pré-natal para as gestantes, administração de vacinas. “Isso nos foi assegurado pelo Ministério da Saúde e quem será mais prejudicada é a população, pois este é um mês de combate ao Câncer de Mama e do Colo do Útero”, declarou.

A manifestação percorreu as principais ruas e avenidas do centro da cidade e se concentrou em frente de algumas clínicas. Ações como essa estão acontecendo em todo o país.

Para o enfermeiro Nero Francisco a medida favorece os médicos, uma vez que fragiliza os postos de saúde da família. Assim, as pessoas terão de se descolar para as clínicas particulares. “Os atendimentos vão cair 95% nos postos de saúde e quem sofre são os mais carentes”, protestou.

Enfermeiro Nero Francisco

A enfermeira que representa o COREN no Conselho Municipal de Saúde de Picos, Tânia Lúcia, argumentou que a liminar conseguida pelo CFM é um retrocesso para o Sistema Único de Saúde (SUS). Ela prometeu que novas manifestações serão realizadas na cidade de Picos.

Enfermeira Tânia Lúcia

Fonte:CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais