24.9 C
Piauí
17 de abril de 2021
Cidades em Foco
Destaque Geral

Equipe de imunização vacinam quilombolas e policiais contra Covid-19 em Jacobina do Piauí

A cidade de Jacobina do Piauí iniciou uma nova fase da vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19), nela entre os beneficiados para receber a primeira dose da vacina foram contemplados os quilombolas e policiais do município. A cidade possui três comunidades quilombolas nas localidades de Maria, Campo Alegre e Chapada.

A enfermeira e coordenadora de imunização contra a Covid-19 Yandrah Teixeira explica que o município recebeu a quantidade de 170 doses(100%) de acordo com números de pessoas que consta no Estado do Piauí, por meio da Coordenação Estadual de Comunidades Quilombolas do Piauí (CECOQ-PI), onde receberam uma lista com o nomes e data de nascimento através do lideranças de cada comunidade.

“Nós recebemos orientações que a vacinação era pra população que morasse dentro da comunidade, sob a orientação que vinha do CECOQ, a vacinação foi iniciada no dia 05 de abril de 2021 nas comunidades de Maria e Campo Alegre e finalizada ontem na região da Chapada”, relatou a enfermeira Yandrah Teixeira.

Vale ressaltar que a vacina dos quilombolas tem todo monitoramento, contando com o apoio da Coordenação Geral dos Quilombos do Piauí, Defensoria Pública, Ministério da Saúde e público, fazendo com que garanta a vacina dos quilombos.

Além dos quilombos, Jacobina iniciou o processo de vacinação com os policiais do município e vieram 100% das doses voltadas para esse público. Ontem, 06 de abril, o Cabo Barbosa foi o primeiro do policiamento da cidade a receber a vacina, os demais estão previstos até o final dessa semana, pois estão em operação fora da cidade.

“Todo o planejamento foi seguido e o resultado da vacinação tem sido boa. Estamos vivendo um momento importante, acredito, eu que vacinando as pessoas é possível ter um controle da doença, assim dando mais segurança aos mais velhos e mais novos, pois é uma doença nova e cada corpo reage diferente ao vírus, uma doença perigosa que se espalha de forma rápida, pra todo mundo. E a recompensa e saber que todo esforço em equipe no final valera a pena ao vermos todos vacinados, isso me deixa muito feliz”, pontuou a coordenadora de imunização  Yandrah Teixeira.

Por Paloma Sene / Estagiária do portal Cidades em Foco

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais