25.2 C
Piauí
28 de novembro de 2020
Cidades em Foco
Destaque Educação Geral

Escolas estaduais retomam atividades a partir desta terça no Piauí

Justiça autorizou volta às aulas no Piauí — Foto: Divulgação

Os estudantes da 3ª série do Ensino Médio e VII etapa da Educação de Jovens e Adultos (EJA) matriculados na rede estadual de ensino poderão, a partir desta terça-feira (20), retornar para sala de aula no Piauí.

“Nossas escolas fecharam as portas, mas as aulas continuaram de forma remota. Voltar para o chão da escola é importante para retomar as relações pessoais que existem nas aulas e que são fundamentais no aprendizado, além de reforçar a preparação dos estudantes que farão o Enem em janeiro”, ressalta Ellen Gera, secretário de Estado da Educação.

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informou que tem feito um trabalho de orientação às instituições de ensino da rede estadual e um recurso no valor de 4 milhões de reais já foi distribuído entre as escolas para adaptações e compra de equipamentos de proteção individual (EPIs).

“Quando tivemos o retorno confirmado pelo decreto de 21 de setembro de 2020, intensificamos a preparação dos gestores para receber os estudantes. Promovemos capacitações em parceria com a Vigilância Sanitária sobre os protocolos que deveriam ser adotados, treinamos as equipes das escolas quanto à limpeza e desinfecção correta dos ambientes, utensílios e objetos. Fizemos um repasse no valor de R$ 4 milhões para que as unidades sinalizassem os ambientes escolares e comprassem materiais de higiene necessários, como álcool em gel, sabonetes, máscaras, equipamentos para uso de álcool em gel e adequação de alguns espaços: instalação de pias na entrada e adequação de banheiros”, informa Ellen Gera.

A retomada não é obrigatória aos alunos e professores, que continuaram tendo à disposição as aulas remotas. Para receber os estudantes, cada escola elaborou um plano de retorno, que foi enviado para a Seduc e deve ser cadastrado no site do PRO Piauí (propiaui.pi.gov.br).

De acordo com o gestor, a abertura das escolas será um movimento gradativo, cauteloso, priorizando sempre a segurança dos estudantes, professores e pessoal administrativo.

“Nossa prioridade é garantir a segurança de todos e, por isso, vamos trabalhar com o modelo hibrido, com poucos estudantes em sala de aula e apenas naquelas escolas que tiverem condições de cumprir os protocolos, respeitando sempre o distanciamento, usando máscara, fazendo higienização das mãos e dos espaços e apenas nos municípios onde a epidemia estiver controlada e decrescente”, finalizou Ellen Gera.

Fonte: Viagora

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais