25.4 C
Piauí
27 de junho de 2022
Cidades em Foco
Educação Geral Piauí

Estudante piauiense de escola pública ganha bolsa para cursar Física em Nova York

Foto: Divulgação / Governo do Piauí

O jovem Haziel de Oliveira Soares, que cursou o ensino Médio no Centro Estadual de Tempo Integral (CETI) João Henrique de Almeida, conquistou uma bolsa de estudos para cursar Física na Universidade de Nova York, campus de Abu Dhabi. O estudante, que representou o Piauí em programas como Jovem Senador e Parlamento Jovem, parte no mês de setembro em busca dessa realização.

A diretora da escola, localizada no conjunto Morada Nova, em Teresina, Djanira Alencar, revela que o estudante foi selecionado em fevereiro deste ano, mas, devido a pandemia, só agora foi convocado para iniciar os estudos.

“Haziel estudou o ensino Médio todo aqui na escola e estava sendo acompanhado por nós. Sua conquista se deu por meio de testes e de acordo com seu currículo. Hoje, ele está na questão do envio de documentos. Estamos todos muito felizes com essa grande vitória, que é mais um degrau de uma vida exemplar como estudante”, completa a diretora.

Natural da cidade de Barras, Haziel buscou por melhores condições de estudo em Teresina e desde a infância sempre gostou muito do ambiente educacional. Como estudante de baixa renda, estudou a vida toda em escola pública buscando sempre atividades que sobressaíssem ao currículo escolar. “Desde o ensino Fundamental me envolvi em atividades de liderança, quando fui aceito para a Cidade Olímpica Educacional, que é um preparatório para olimpíadas científicas e a partir daí meu interesse só cresceu para com atividades extracurriculares. No meu primeiro ano do ensino Médio fui líder de turma e não parei por ai”, conta.

Ao longo do tempo, Haziel foi construindo um perfil interdisciplinar, realizando atividades completamente diferentes, principalmente relacionadas a áreas de feiras e olimpíadas científicas, concurso de redação, Programa Jovem Senador e Parlamento Jovem Brasileiro. “Essas atividades também me ajudaram a conseguir essa aprovação na universidade, pois se candidatar a uma vaga é um processo bem holístico, porque eles levam várias coisas em consideração, não é apenas um teste, uma prova, eles querem saber realmente no que a gente é interessado e no que a gente tem feito durante o tempo de escola”, acrescenta.

O estudante tentou vaga em 20 universidades norte-americanas, sendo aprovado na Universidade de Nova York, escolhendo o campus de Abu Dhabi.

“Era o que eu realmente queria estudar. Eu recebi uma bolsa completa que paga todos os meus custos desde a anuidade da universidade até materiais, moradia, alimentação e despesas pessoais como as próprias passagens aéreas. Espero ter contato com pessoas do mundo todo, aprender diferentes culturas e estudar áreas diferentes como um segundo curso que seria Ciências Políticas. Essa flexibilidade acadêmica é uma coisa que me interessa bastante, estou bem ansioso para viver lá”, finaliza.

Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais