Ex-diretor do Detran é vítima de perfil falso para “quitar multas” no Piauí

Depois de utilizar um perfil falso do atual do diretor do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PI), Arão Lobão, estelionatários estão agora tentando aplicar golpe com o nome de ex-gestores do órgão. O advogado San Martin Linhares que foi diretor até 2014 está sendo vítima de um perfil falso que promete quitar dívidas junto ao Detran pele metade do valor.

O golpe, que acontece pelo aplicativo WhatApp, já é investigado pela polícia em vários estados do país, inclusive aqui no Piauí. Apesar disso, ainda tem feito vítimas e os próprios gestores e ex-gestores se sentem lesados.

“Eles pegaram uma foto minha colhida no Google imagens e começa a conversar como se fosse eu, oferecendo serviços do Detran, como liberação de multas, a pessoa vai pagar, mas isso nunca vai acontecer. Até porque eu não tenho mais nenhum vínculo com o órgão, que sai em 2014”, declara o advogado.

San Martin disse que está recebendo várias ligações de amigos que tomaram conhecimento e que isso tem lhe prejudicado, por isso procurou a Delegacia de Repressão aos Crimes Virtuais, onde prestou queixa e a Delegacia Geral para que as investigações sejam agilizadas.

“É muito ruim essa exposição, fica gerando especulação e eu não sou funcionário do Detran, não sou pai de família como falam nas mensagens e não escrevo da maneira que colocam, com um péssimo português”, ressalta.

O delegado geral Riedel Batista designou uma delegada especial, Adriana Fontes, para investigar o caso.

Além do diretor e ex-diretor do órgão no Piauí, gestores de Alagoas, Roraima e Distrito Federal também já tiveram suas fotos copiadas em perfis falsos para a aplicação do golpe.

golpe4.jpgReprodução/Whatsapp

  • golpe.jpgReprodução/Whatsapp
  • golpe1.jpgReprodução/Whatsapp
  • golpe2.jpgReprodução/Whatsapp
  • golpe3.jpgReprodução/Whatsapp
  • golpe4.jpgReprodução/Whatsapp

 

Fonte:Caroline Oliveira / CidadeVerde