32.2 C
Piauí
9 de agosto de 2022
Cidades em Foco
GeralPolícia

Expulsão de PM suspeito de liderar quadrilha é publicada no Diário Oficial

A exclusão do soldado Francisco José Wellington Sousa, dos quadros da Polícia Militar do Piauí, foi publicada nesta quarta-feira (30) no Diário Oficial do Estado (DOE). A assinatura pelo comandante da corporação, coronel Carlos Augusto Gomes, ocorreu no último dia 23. A defesa do PM afirmou que irá recorrer.

De acordo com advogado, o homem ainda não é um ex-policial militar, já que o recurso tem efeito de suspensão temporária quanto à publicação. Segundo ele, a defesa irá recorrer por entender que não há provas suficientes para a condenação de Wellington.

“Ele permanece porque da decisão ainda cabe recurso. Ela tem efeito administrativo, quanto ao processo judicial entraremos com mandado de segurança. Nós já questionamos também na Justiça Militar”, declarou.

O policial é investigado por roubos, furtos, arrombamentos,  explosão de caixas eletrônicos, negociação de armas de fogo de uso exclusivo da polícia e participação no homicídio do motorista de ônibus Manoel Messias, que ameaçava denunciar as ações do grupo criminoso supostamente liderado pelo PM.

A defesa do soldado alega a inocência do homem diante das acusações.

“Alegam que ele participou desses roubos, qndo o dono da loja não o reconheceu como autor desses crimes. A arma que foi levada de sua casa quando ela foi arrombada, ele mesmo recuperou. São fatos que não se comprovam, ainda não há condenação por nenhum dos fatos”, disse.

O conselho de disciplina da Corregedoria da PM investigou por quase dois anos a atuação do soldado nos supostos crimes e recomendou a expulsão do militar. Todo o processo foi para a Procuradoria Geral do Estado (PGE) que deu seu parecer favorável.

 

 

Do Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais