21.9 C
Piauí
23 de outubro de 2019
Cidades em Foco
Geral Política

Fábio Novo defende empréstimo e diz que é alternativa para driblar crise

O deputado estadual Fábio Novo (PT) defendeu a escolha do Banco Brasil Plural para a liberação de empréstimo de mais de R$ 2 bilhões para obras e arrolamento da dívida do Governo do Estado. Para a oposição, a instituição financeira não tem capacidade financeira. Já o parlamentar contesta e diz que o dinheiro será repassado, inclusive, com taxas de juros menores do que os bancos oficiais.

“O banco tem capacidade, sim. Ele vai atrair recursos, inclusive, de investidores estrangeiros e vai repassar com taxas de juros mais baixas que os bancos oficiais. Isso foi o que levou a equipe econômica, a Secretaria de Fazenda fazer essa opção porque nós estaremos contratando opções que são mais baratas do que os bancos oficiais”, disse o deputado.

Fábio Novo cita o caso de municípios piauienses administrados pela oposição que receberam empréstimos.

“Hoje por conta do cenário de crise, os municípios administrados pela oposição como Parnaíba, Piripiri e Bom Jesus acabam de receber empréstimos que foram aprovados. Eles podem fazer isso e estão certo em fazer porque no nomento de crise, quando não se tem dinheiro para investimento, você tem que ir atrás de uma alternativa. Um alternativa são os empréstimos”, reitera Novo.

Na próxima semana, o pedido de empréstimo do Governo do Estado deve ser votado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Fábio Novo acredita que a mensagem será aprovada e esclarece como será utilizado parte dos recursos.

“Vou dar um exemplo de quão importante são essas medidas que às vezes são colocadas de forma muito ruim. Um dos empréstimos é para precatório. Devemos R$ 1,5 bilhão de precatório que vem de 20 há 30 anos. Daí você imagina ter uma linha de crédito mais barata para quitar todos os precatórios. Quantas famílias estão há 20 ou 30 anos esperando seu precatório para ser recebido. Além de receberem vai ser um dinheiro que vai circular no estado e volta em impostos fruto dessa circulação da economia”, disse o deputado.

ELEIÇÃO MUNICIPAL

O parlamentar também comentou sobre uma possível candidatura à prefeito de Teresina. Para ele, a disputa é legítima e natual.

“Tem que deixar os nomes fluírem, a população avaliar e, no momento certo, se precisar, se faz uma prévia, mas vamos levar o nome para discussão e obviamente para que as pessoas possam conhecer a pessoa, as propostas e deixar o partido vivo nessa discussão sobre Teresina. Para mim é pra valer. Meu nome foi lembrado e sou muito agradecido. Acredito que pelo trabalho que fizemos na Secretaria de Cultura do Estado”, conclui Fábio Novo.

Fonte: Graciane Sousa / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais