20 C
Piauí
24 de setembro de 2020
Cidades em Foco
Destaque Geral

Falso instrutor de autoescola é preso suspeito de vender CNHs em Picos

Um falso instrutor de autoescola foi preso suspeito de estelionato na cidade de Picos, no interior do Piauí. Segundo o major Estanislau Felipe, comandante do 4º BPM, ele vendia CNHs (Carteira Nacional de Habilitação) a R$ 320, documentos que nunca seriam entregues às vítimas. O suspeito, 48 anos, teria feito também vítimas no estado de Pernambuco, incluindo um prefeito.

Ele, que é natural da cidade de Oeiras-PI, foi preso nessa segunda-feira (14) em uma lanchonete na cidade de Picos.

“Ele marcou um encontro com uma vítima em uma lanchonete onde receberia a última parte do valor referente à renovação de uma CNH que ele oferecia a R$ 320.  Questionado se trabalhava em alguma autoescola ou era algum espécie de despachante, respondeu que não, e confessou que tratava-se de um golpe, onde vendia CNH’s, que nunca seriam entregues”, explica o major da PM.

Com o suspeito foram aprendidos crachás de instrutor de autoescola e também professor de instituição de ensino à distância utilizados para ludibriar as vítimas, de acordo com a PM. Nos crachás apreendidos há o nome de “Manoel”, identididade falsa do suspeito.

“Ele dava aula de inglês em Araripina-PE, mas era falso professor, pois se dizia professor de muita coisa. Nos golpes anteriores em Pernambuco, há três anos, ele também se passou por professor de teatro e violão, além de cantor, representante do Ministério da Cultura e diretor-presidente da Companhia Pernambucana de Teatro, enganando o prefeito da cidade de Parnamirim-PE e vários outros funcionários daquela administração municipal”, informou o comandante do 4º BPM.

Ele teria aplicado o golpe também em Oeiras-PI e nas cidades de Moreilândia, Granito e Exu, todas da região do Cariri pernambucano. O suspeito foi conduzido para a Central de Flagrantes de Picos e deve ser autuado por estelionato.

Fonte: Graciane Sousa / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais