22.7 C
Piauí
24 de maio de 2019
Cidades em Foco
Geral Política

Francisco Limma diz que oposição apavora a população no Piauí

O líder do Governo, deputado Francisco Limma (PT), disse, hoje (16), que o Piauí não está paralisado e pediu que os parlamentares da oposição tenham cuidado nos pronunciamentos que realizam da tribuna da Assembleia Legislativa para não fazer declarações que venham deixar apavorada a população do Piauí, principalmente em áreas que lidam com a vida, com a de saúde.

Francisco Limma citou relatório sobre os serviços prestados à população por um hospital para mostrar que o Estado não se encontra parado. Ele informou que, nos primeiros três meses deste ano, o hospital realizou 368 partos, 287 cirurgias, 22.843 atendimentos a pacientes e mais de 12 mil consultas.

Em relação ao transporte escolar, o líder do Governo disse que, devido a uma decisão do Tribunal de Contas do Estado, o serviço prestado aos estudantes foi suspenso em 14 municípios e tem problemas em outros. Ele assinalou que o transporte escolar está sendo feito dentro da normalidade na maioria dos municípios piauienses.

Francisco Limma declarou que o estado enfrenta dificuldades financeiras devido à crise da Previdência, pois precisa aplicar por mês R$ 100 milhões do tesouro no pagamento dos aposentados e pensionistas. Ele responsabilizou ainda o Governo Federal por não ter cumprido, até agora, a promessa de melhorar a economia brasileira, o que tem contribuído para piorar as finanças estaduais.

Oposição rebate afirmações do Governo

Em resposta, o líder da oposição deputado Gustavo Neiva (PSB) disse que o governo está novamente transferindo a responsabilidade para terceiros e que a oposição está apenas sendo porta-voz da população na Assembleia Legislativa.

“Não estamos aqui para pregar o pânico na população mas estamos reverberando o pânico e a insatisfação da população com os serviços prestados pelo Governo”, disse Gustavo Neiva.

Neiva também disse acreditar que, se o Tribunal de Contas do Estado reduziu as regras do transporte escolas e reduziu os custos, é porque algo estava fora da normalidade. Ele ainda disse que o Piauí é um dos estado em que a população mais paga impostos mas a população não vê os serviços sendo prestados a contento.

Fonte: Viagora

Notícias relacionadas

Polícia prende motociclista suspeito de envolvimento em fraude de distribuição de água em Jaicós

Junior Oliveira

JACOBINA: Vereadores aprovam reajuste salarial dos professores e lamentam morte de pai e filho

Junior Oliveira

PICOS: Estágios para estudantes de Saúde estão suspensos há um mês no HRJL

Junior Oliveira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais