21.5 C
Piauí
12 de dezembro de 2019
Cidades em Foco
Economia Geral

Governador anuncia tabela de pagamento de 2018 similar a 2017

O governador Wellington Dias (PT) anunciou que a tabela de pagamentos dos servidores estaduais de 2018 será feita de acordo com a deste ano e que foi projetada, “acima de tudo com responsabilidade”, pela equipe econômica.

Nesta quarta-feira (20), o governador passou uma mensagem de otimismo quanto a economia do Piauí, dizendo acreditar que o próximo ano será melhor para as Finanças. Ele participou da entrega da reforma e ampliação da escola estadual de tempo integral João Henrique Sousa, no bairro Morada Nova, zona sul de Teresina.

“A tendência é manter a mesma tabela deste ano. Eu dei a equipe a tarefa de fazer de acordo com as projeções,  mas com muita responsabilidade. Estou confiante que, em 2018, vamos não só cumprir a tabela mais trabalhar as condições de ampliar investimentos”, destacou Wellington Dias.

A tabela de pagamentos do Estado será anunciada hoje pela Secretaria de Fazenda ao meio dia em coletiva para a imprensa . O governador se utilizou de um ditado conhecido no futebol para ressaltar que continuará lutando para fazer investimentos e gerar desenvolvimento ao Estado.

“O Piauí está cumprindo a tabela, mas time não pode entrar em campo só para cumprir tabela, então temos que trabalhar para garantir os serviços e atividades funcionado e para fazer investimentos”.

O governador lembrou que atualmente existem 14 Estados que não conseguiram pagar ainda o 13º, inclusive do ano passado ainda, como Rio Grande do Sul Rio de Janeiro Minas Gerais, que são Estados grandes.

“São cerca de 1,5 milhões de servidores sem receber e nesses está incluído até o 13º de 2016”.

Além disso, ele falou com otimismo sobre 2018. “Dificuldades existiram e existirão sim, mas quando elas são grande, a vitória é maior ainda. Acredito em um ano melhor, acho que 2017 chegou em um patamar tão baixo na economia que é praticamente impossível decrescer. Agora a tendência é um ano melhor”.

O gestor lembrou ainda que foram feitos investimentos em cerca de 300 escolas de 2015 a 2017 e o governo investiu na descentralização dos serviços de saúde. Como também foram feitos investimentos em obras, construção de estradas, pontes, rodoanel, calçamentos, melhorias em habitação, cultura e em outras áreas.

 

Fonte: Lyza Freitas / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais