21.5 C
Piauí
30 de maio de 2023
Cidades em Foco
GeralPolítica

Governador diz que seca causou prejuízos de R$ 2 bilhões no Piauí

O governador Wellington Dias afirmou, durante cerimônia na Secretaria de Desenvolvimento Rural nesta terça-feira (3), que o prejuízo causado pela seca já ultrapassa R$ 2,1 bilhões na economia do estado, de acordo com a última estimativa do IBGE. O gestor disse que está preocupado com este cenário que afeta o PIB e pretende administrar a situação adotando medidas para recuperar a produção agrícola.

 

Dias acrescenta que alguns produtores tiveram que se desfazer seu rebanho e é preciso recuperá-lo. Outras medidas a serem adotadas são trabalhar a tecnologia de controle meteorológico e melhorar a estrutura de assistência técnica ao produtor que, de acordo com o governador, foi desmontada.

 

 

Wellington disse ainda que está negociando com o governo federal a vinda ao Piauí de uma empresa especializada na produção de produtos da agricultura familiar que deverá ficar localizada em Campo Maior.

 

 

Sementes
O deputado federal e futuro secretário estadual de Desenvolvimento Rural, Francisco Limma, participou na manhã desta terça-feira (3), da entrega simbólica de sementes para produtores rurais piauienses, na sede da SDR, na zona norte de Teresina. O parlamentar afirmou que o governo do estado está distribuindo 300 toneladas de milho e feijão que devem beneficiar 45 mil famílias de norte a sul do estado.

 

 

Limma ressaltou que a distribuição vai ajudar a reduzir o prejuízo dos agricultores por conta da seca.  A região centro-norte, Floriano e Picos, irá receber milho e feijão. Já a região centrossul receberá apenas feijão.

 

A iniciativa tem uma parceria com técnicos da Emater e Embrapa. A expectativa é que os produtores comecem a colher em 180 dias.

 

O futuro secretário disse ainda que o Estado irá preparar um plano para que a distribuição de sementes seja antecipada para os meses de novembro e dezembro deste ano. Famílias beneficiadas dos programas Brasil sem Miséria.

 

O deputado destacou ainda que será preciso realizar a reestruturação no Emater órgão que, segundo ele, só está presente em cem municípios com veículos quebrados e sucateados.

 

 

 

 

Fonte: Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais