35.3 C
Piauí
27 de julho de 2021
Cidades em Foco
Geral Política Sertão do Inhamuns em Foco

Governo do Ceará vai adquirir 28 mil notebooks para uso de professores da rede estadual

ASCOM- Governo do Estado do Ceará. Foto: Carlos Gibaja

O governador do Ceará, Camilo Santana, sancionou, na tarde desta segunda-feira (5), a lei que autoriza o Poder Executivo do Ceará a adquirir e a ceder notebooks aos professores da rede estadual de ensino a fim de assegurar condições para a criação de conteúdos e a prática de atividades necessárias à aprendizagem remota. Com isso, a Secretaria da Educação (Seduc) vai comprar 28 mil notebooks, destinados a professores efetivos e temporários. Participaram da assinatura a secretária da Educação, Eliana Estrela, de forma presencial, e a vice-governadora, Izolda Cela, de forma remota.

Após implementar política pública em que os alunos recebem chips de conectividade e tablets para ter acesso a aulas remotas e apoio à aprendizagem, o governador falou da importância de garantir as mesmas condições aos professores. “Sancionamos aqui uma lei que vai garantir um notebook para os 28 mil professores, incluindo aqueles que prestam todo um serviço nas escolas profissionalizantes e não são concursados. Vão receber também o computador, que vai ajudar no trabalho do dia a dia”, apontou Camilo.

Para a secretária de Educação, a pandemia trouxe a urgência da conectividade para a pasta, que passou a utilizar aulas remotas como artifício necessário e diário. “Estamos diante de mais um dia histórico para os professores do Ceará, um estado que trata a educação como prioridade, dando condições aos alunos, com tablets e chips, e agora aos professores também, com os notebooks. Sabemos que é uma ferramenta importante, e nós do Ceará fomos o primeiro estado a aderir ao ensino remoto, por isso aqui aproveito para agradecer e reconhecer o trabalho de cada professor e professora”, disse Eliana Estrela.

Investimentos na educação

Camilo Santana destacou que, mesmo em um momento tão difícil de pandemia, o Governo do Ceará não parou em nenhum momento as aulas nem os investimentos. “Garantimos as aulas remotas, e que o aluno tivesse acesso ao conteúdo da sua disciplina. Estamos criando uma expectativa de acelerar a segunda dose dos professores, para que as aulas retornem de forma segura. Quero agradecer à aprovação da Assembleia desta lei, e de todas as outras que nos últimos dias trouxeram uma série de boas notícias à educação: anunciamos a convocação dos professores concursados, conseguimos a isenção da taxa de inscrição no Enem, e anunciamos que 50% das escolas regulares de ensino médio do Ceará são agora de tempo integral“, listou.

Em sua última fala, Eliana Estrela lembrou a importância de cada aluno para o Estado. “Nenhum aluno a menos, essa é a nossa meta, para que nós não tenhamos abandono, para que cada criança, desde a educação infantil, passando por ensino fundamental, médio e egresso, esteja sempre em sala de aula, e para que sigamos sendo o Estado que mais investe na participação no Enem”, finalizou a titular da Educação.

Fonte: Daniel Herculano – Ascom Casa Civil – Texto  Carlos Gibaja – Fotos

Notícias relacionadas